Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

31 Janeiro de 2018 | 15h15 - Actualizado em 31 Janeiro de 2018 | 15h14

Dia Nacional do Ambiente marcado com plantação de árvores

Menongue - Mil árvores de eucaliptos e pinheiros foram plantadas hoje, quarta-feira, em algumas ruas da cidade de Menongue, capital do Cuando Cubango, em saudação ao Dia Nacional do Ambiente, 31 de Janeiro, numa iniciativa da direcção provincial do Ordenamento do território, Urbanismo e Ambiente.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Plantação de árvores (arquivo)

Foto: frank beu

Em declarações à imprensa, o director local do Ordenamento do Território, Urbanismo e Ambiente em exercício, Júlio Bravo, disse que a plantação de árvores insere-se no âmbito das comemorações da efeméride, sob lema “2018 ano da sustentabilidade ambiental e fortalecimento do Ecoturismo”.

Segundo o responsável, a plantação de árvores na cidade de Menongue consiste nas acções que garantem um equilíbrio ecológico do município sede, visto que as árvores defendem um ambiente saudável no seio das populações.

Segundo disse, com vista a proteger o meio ambiente a direcção iniciou a distribuição de plantas porta-a-porta, nas escolas, igrejas e bairros, bem como campanhas de mobilização com a população, no sentido de incuti-los sobre a temática ambiental e os seus benefícios.

Para o responsável, os cidadãos no município de Menongue ainda sentem-se descobertos em termos de vegetação, pelo facto da não existência devidamente notável de árvores dentro e fora da urbe, pelo que os munícipes devem abraçar esta causa.

Na ocasião, o vice-governador da província para os serviços técnicos e infraestruturas, Bento Francisco Xavier, defendeu que o Cuando Cubango só terá pessoas saudáveis se o nível de plantação de árvore for constante.

Destacou que as árvores e as florestas são para o ambiente e a sociedade uma fonte de produtos e serviços de carácter social, económico e de extrema importância para a manutenção da biodiversidade.

Defendeu ser necessário que as pessoas tenham consciência do papel fundamental das árvores e florestas, para que a província seja classificada em primeiro lugar no que diz respeito ao ambiente, uma vez que é rica em rios e flora.

Avançou que actividades do género vão ser estendidas nos focos habitacionais construídos nos últimos anos, com acácias de diferentes tipos.

A República de Angola, através do Ministério do Ambiente, celebra o 31 de Janeiro, o “Dia Nacional do Ambiente”, com objectivo de, entre outros, reforçar os alertas aos diferentes sectores para a necessidade de se adoptarem padrões de vida sustentáveis, que promovam uma gestão equilibrada dos recursos  naturais.

Leia também
  • 03/02/2019 16:33:37

    Tempo em Angola

    Luanda - O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) prevê, até às 18h00 de segunda-feira (dia 04), para a região Norte do país, a ocorrência de chuva moderada a forte, acompanhada por vezes de trovoada em alguns municípios das províncias do Zaire, Cabinda, Bengo, Uíge, Malanje, Lunda Sul e Lunda Norte durante a manhâ e ao entardecer.

  • 02/02/2019 19:21:32

    Previsão do tempo

    Luanda - O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) prevê, até às 18h00 de domingoo (dia 03), para a região norte do país, a ocorrência de chuva fraca a moderada, acompanhada, por vezes, de trovoada em alguns municípios das províncias de Cabinda, Malanje, Lunda Norte e Lunda Sul durante a noite e ao longo da tarde.

  • 01/02/2019 15:33:06

    Fixada quota para importação de hidroclorofluocarbonos

    Luanda - Cento e setenta toneladas de hidroclorofluocarbonos (HCFCs) é quantidade que 42 empresas em Angola estão autorizadas a importar este ano.

  • 01/02/2019 14:04:23

    Elaboração de relatório sobre biodiversidade previsto para Março

    Luanda - A elaboração do sexto Relatório Nacional para a Convenção da Biodiversidade (6RNB) está prevista para Março de 2019, devido a transferência tardia dos fundos, no valor de 207.551 dólares.