Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

20 Março de 2018 | 15h28 - Actualizado em 20 Março de 2018 | 15h33

Cuando Cubango: Reino Unido aposta na protecção da fauna e flora

Menongue - A embaixada do Reino Unido em Angola, através da organização não-governamental Missão de Beneficência Agropecuária do Kubango, Inclusão, Tecnologias e Ambiente (Mbakita), investiu desde 2017 três milhões 225 mil Kwanzas na preservação de vida selvagem no Cuando Cubango.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Andrew Ford- Conselheiro da Embaixada do Reino Unido em Angola

Foto: Rosario dos Santos

O facto foi anunciado segunda-feira pelo encarregado de negócios estrangeiros da embaixada do Reino Unido em Angola, Andrew Ford, no final de uma visita de trabalho de três dias àquela região, onde avaliou alguns projectos financiados pelo Reino Unido.

O encarregado fez saber que o projecto de protecção de vida selvagem teve início em Agosto de 2017 com o objectivo de incentivar a camada juvenil na preservação da fauna e da flora no Cuando Cubango.

Para Andrew Ford, os jovens devem ser incutidos na temática ambiental e os seus benefícios, pelo que manteve encontro os estudantes da Universidade Cuito Cuanavale, através das quatros unidades orgânicas.

Justificou que a escolha do abraço do projecto no Cuando Cubango reside pelo facto de a província possuir a maior diversidade de fauna e flora no país, sendo que nos últimos tempos tem sido alvo de caça furtiva e corte de árvores de forma ilícita.

Para o encarregado de negócios, com a implementação do projecto já existe um certo interesse por parte da população na protecção da biodiversidade a nível da província do Cuando Cubango.

Face à aderência da população estudantil na protecção da biodiversidade, garantiu que a embaixada do Reino Unido em Angola vai dar continuidade com as actividades de sensibilização ambiental a nível da província, bem como de investimentos nos sectores sociais e económicos.

Disse ser importante que as pessoas tenham consciência do papel fundamental da fauna e da flora, reconhecendo as potencialidades da província neste aspecto, visto que elas garantem um ambiente saudável no seio das populações.

Na ocasião, o director da MBAKITA no Cuando Cubango, Pascoal Bapstiny, informou que o projecto de protecção de vida selvagem foi implementado em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Florestal, ministérios do Ambiente e da Agricultura, bem como jUniversidade Cuito Cuanavale.

Avançou que o projecto, que tem continuidade este ano, abrangeu os municípios de Menongue, Cuito Cuanavale, Cuangar, Calai e Dirico, onde trataram questões de educação sobre o combate à caça furtiva, à exploração excessiva da flora, sobretudo no corte de madeira.

Pascoal Baptistiny precisou que no projecto estarão envolvidas as administrações municipais, comunais, igrejas e lideranças tradicionais.

Lembrou que o Reino Unido, para além de abraçar o programa de protecção da biodiversidade, sobretudo das espécies de via de distinção, também apoia projectos de direitos humanos, através dos princípios voluntários, programas de apoio à formação para mães solteiras, liderança juvenil, bem como o apoio às crianças desfavorecidas.

Leia também
  • 03/02/2019 16:33:37

    Tempo em Angola

    Luanda - O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) prevê, até às 18h00 de segunda-feira (dia 04), para a região Norte do país, a ocorrência de chuva moderada a forte, acompanhada por vezes de trovoada em alguns municípios das províncias do Zaire, Cabinda, Bengo, Uíge, Malanje, Lunda Sul e Lunda Norte durante a manhâ e ao entardecer.

  • 02/02/2019 19:21:32

    Previsão do tempo

    Luanda - O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) prevê, até às 18h00 de domingoo (dia 03), para a região norte do país, a ocorrência de chuva fraca a moderada, acompanhada, por vezes, de trovoada em alguns municípios das províncias de Cabinda, Malanje, Lunda Norte e Lunda Sul durante a noite e ao longo da tarde.

  • 01/02/2019 15:33:06

    Fixada quota para importação de hidroclorofluocarbonos

    Luanda - Cento e setenta toneladas de hidroclorofluocarbonos (HCFCs) é quantidade que 42 empresas em Angola estão autorizadas a importar este ano.

  • 01/02/2019 14:04:23

    Elaboração de relatório sobre biodiversidade previsto para Março

    Luanda - A elaboração do sexto Relatório Nacional para a Convenção da Biodiversidade (6RNB) está prevista para Março de 2019, devido a transferência tardia dos fundos, no valor de 207.551 dólares.