Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

15 Maio de 2018 | 15h52 - Actualizado em 16 Maio de 2018 | 09h27

Ministério aposta na recuperação das infra-estruturas dos parques naturais

Luanda - A recuperação e construção de infra-estruturas de apoio nos parques nacionais de Angola constitui uma das apostas do Ministério do Ambiente, com vista à melhoria das condições de trabalho e promoção do ecoturismo nestes locais.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Paula Francisco, ministra do Ambiente

Foto: Foto cedida

A intenção foi dada pela ministra do Ambiente, Paula Francisco, no acto que marcou a conclusão da  infra-estruturação  do projecto "Conservação do Parque Nacional de Iona - Namibe", financiado pelo governo angolano, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), União Europeia (UE) e Fundo de Gestão Ambiental (GEF), num  total de  sete milhões 102 mil e 566 dólares norte-americanos.

 A iniciativa, que será replicada em outras áreas de conservação, foi concebida como primeira fase do Programa Nacional do Ambiente, que visa reabilitar, fortalecer e expandir  o sistema de áreas de conservação em Angola.

Constituem prioridades para este sector, a recuperação da rede existente de áreas de conservação, a criação de novas áreas no quadro da efectivação da conservação da biodiversidade.

Algumas infra-estuturas administrativas dos parques nacionais da Quissama (Luanda), Cangandala (Malange),  Bicuar (Huila), Maiombe (Cabinda), Lengue-Luiana e Mavinga (Cuando Cubando) foram recentemente recuperadas e construídas. 

Enaltecendo o apoio prestado pelo PNUD,  UE e GEF e FAO, Paula Francisco referiu que a iniciativa permitiu empregar 20 membros das comunidades dentro e nos arredores do Parque Nacional do Iona, incluído ex-militares, a construção e reabilitação de infra-estruturas  administrativas e para o apoio  de  fiscais.

Com a iniciativa foi também possível a aquisição de sete viaturas, entre as quais seis a todo terreno (4X4),  seis motorizadas (duas e quatro rodas) e equipamento para os 20 fiscais.

No período 2013 a 2018,  tempo que decorreu o projecto, foram construídos quatro infra-estruturas  básicas de apoio ao ecoturismo comunitário e a capacitação dos membros das comunidades em materiais de  ecoturismo.

O projecto permitiu, de igual modo, a elaboração do Plano Integrado do Parque do Nacional do Iona, o Plano Estratégico das Áreas de Conservação de Angola (PESACA), além da troca de experiência  com especialistas da Namíbia, Quénia e outros  países, que conta  com  receitas  provenientes do ecoturismo.

"Agradecemos a União Europeia, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento e o Fundo Global do Ambiente pela  efectivação de mais um projecto", reconheceu a ministra, augurando o  contínuo apoio ao governo angolano para a implementação de programas e projectos do sector do ambiente, com vista a serem alcançadas as metas do milénio e a concretização da  Agenda 2063 da União Africana.

Presente no acto, a ministra do Turismo, Ângela Bragança, considerou importante a iniciativa, tendo em conta os novos passos  que se pretendem em  relação à promoção do turismo em Angola.

Leia também
  • 16/05/2018 06:25:10

    Angola: Termina oficialmente a época chuvosa

    Luanda - O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) anuncia que o território nacional, a partir hoje (terça-feira), termina a estação de tempo chuvosa, dando lugar a época de seca denomina de “Cacimbo”, período que vai de 15 de Maio a 15 de Agosto de 2018.

  • 16/05/2018 03:28:44

    Angola: INAMET pública a partir de hoje previsão do tempo para o mar

    Luanda - O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) passa a publicar, a partir de hoje (15), o Boletim Meteorológico para a Navegação Marítima, com dados sobre a situação do tempo, vento, altura da onda, estado do mar e visibilidade nas quatro regiões litorais de Angola.

  • 16/05/2018 01:45:19

    Angola: Boletim Meteorológico para Navegação Marítima

    Luanda - O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) prevê, até às 18h00 de quarta-feira, para as quatro regiões litorais de Angola, a seguinte situação do tempo no mar:

  • 15/05/2018 17:17:39

    Ministério recomenda boas praticas ambientais durante cacimbo

    Luanda - O Ministério do Ambiente apela à adopção de boas práticas ambientais, com vista a prevenirem-se doenças respiratórias, que ocasionalmente ocorrem na estação seca, vulgarmente conhecida por cacimbo, que hoje inicia e que dura três meses.