Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

25 Julho de 2018 | 11h18 - Actualizado em 25 Julho de 2018 | 11h18

Falta de fiscais facilta caça furtiva na Huíla

Lubango - A falta de fiscais e meios de transporte para o patrulhamento das reservas florestais facilitam o abate desordenado de árvores e a caça furtiva na província da Huíla

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cidadãos detidos por caça furtiva

Foto: kinda kyungu

O facto foi revelado hoje (quarta-feira), na cidade do Lubango , pelo chefe do departamento provincial do Instituto de Desenvolvimento Florestal, Dumbo Kangopito, frisando que a província conta com dez fiscais florestas para cobrir os 14 municípios da Huíla.

Segundo ele, o ideal é o sector trabalhar com 40 agentes, para que o patrulhamento de toda província.

Devido a dificuldades orçamentais, acrescentou, apenas os municípios do Lubango, Caconda, Matala e Chibia possuem fiscais.

O Instituto de Desenvolvimento Florestal tem trabalhado em matéria de sensibilização das comunidades e aldeias, no que diz respeito à utilização dos recursos florestas.
 

Assuntos Ambiente   Fauna   Flora   Província » Huíla  

Leia também
  • 24/07/2018 10:15:56

    Angola acolhe reunião sobre comércio da fauna e flora africana

    Luanda - Angola acolhe, de 25 a 27 deste mês, em Luanda, a II reunião do grupo de peritos ligados à implementação da Estratégia Africana de Luta contra à Exploração e Comércio Ilegal da Fauna e Flora Selvagem em África.

  • 23/07/2018 10:39:47

    Produção de carvão devasta áreas florestais no Cunene

    Ondjiva - O abate indiscriminado de árvores para produção de carvão tem contribuído para devastação de áreas florestais no Cunene, afirmou o chefe da brigada provincial de Desenvolvimento Florestal, Abel Alcino Zamba.

  • 22/07/2018 16:20:07

    Cunene: Insuficiência de quadros florestais dificulta acções de fiscalização

    Ondjiva - A insuficiência de fiscais florestais e de transporte no Instituto do Desenvolvimento Florestal (IDF) na província do Cunene está a dificultar a fiscalização das áreas onde se registam o abate indiscriminado de árvores e a deterioração do meio ambiente, disse sábado o chefe do sector Abel Alcino Zamba.