Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

30 Agosto de 2018 | 20h47 - Actualizado em 30 Agosto de 2018 | 20h46

Extinção de lichias no Huambo preocupa autoridades

Huambo - Quatro das seis árvores de lichias que haviam na cidade do Huambo secaram nos últimos três anos, cujas causas ainda são desconhecidas, facto que está a preocupar, seriamente, a direcção do gabinete do ambiente, gestão de resíduos e serviços comunitários.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em declarações hoje, quinta-feira, à imprensa, no final de uma visita de constatação a uma das árvores, no jardim da cultura, a directora do gabinete do ambiente, gestão de resíduos e serviços comunitários, Cecília Campos, disse ser urgente envolver os investigadores na preservação e conservação desta espécie rara.

Disse que as quatro que se extinguiram, com mais de 100 anos, estavam no largo do Petro Atlético (2), jardim da cultura e estufa-fria, supondo que as mesmas tivessem sido infectadas, no interior do seu caule, por uma praga nociva.

Tratando-se de uma espécie ornamental rara pela sua imponência e ligada ao passado da cidade do Huambo, a responsável anunciou a criação de uma comissão para analisar as causas da extinção das quatro árvores e propor medidas para a sua preservação e conservação.

Fazem parte desta comissão, segundo Cecília Campos, investigadores do centro de ecologia tropical e alterações climáticas, do Instituto Superior de Ciências de Educação e da Faculdade de Ciências agrárias.

Leia também
  • 30/08/2018 14:11:05

    Praia da Mabunda carece de estudo sanitário

    Luanda - A água da praia da Mabunda, na baía da Corimba em Luanda, necessita de estudo para se determinar a sua salubridade - alertou o director Nacional do Ambiente, Nascimento Soares.

  • 27/08/2018 10:20:00

    Governador preocupado com caça furtiva no parque do Yona

    Tômbwa - O governador do Namibe, Carlos da Rocha Cruz, mostrou-se domingo preocupado com o aumento de índices de casos de caça furtiva no Parque Nacional do Yona, no município do Tômbwa, que ameaça extinguir algumas espécies de animais.

  • 25/08/2018 19:03:54

    Previsão Meteorológica Marítima

    Luanda - O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) prevê, até às 18h00 de domingo (26), uma circulação de Sul fraca a moderada entre os paralelos 4ºS a 12ºS, sendo moderada a forte do Sul entre os paralelos 14ºS a 18ªS, com aviso de ondulação de 6.4 metros de altura a Sul do paralelo 12ºS, anunciando para as quatro regiões litorais de Angola, as seguintes condições climatéricas para a navegação: