Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

03 Setembro de 2018 | 21h40 - Actualizado em 03 Setembro de 2018 | 22h05

Arcebispo do Huambo quer maior protecção do ambiente

Huambo - O arcebispo do Huambo, dom José Queiroz Alves, apelou hoje, segunda-feira, nesta região do país, maior protecção do ambiente, para assegurar a vida das futuras gerações.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Dom José Queiróz - Arcebispo do Huambo

Foto: Valentino Yequenha

Discursando na abertura das jornadas científicas do Liceu Católico, considerou imperioso que a humanidade tenha plena noção de que o ambiente é de todos e cuidar dele deve ser responsabilidade de cada um.

Na sua opinião, a situação actual do planeta terra é preocupante, tendo em conta a falta de consciência da própria humanidade sobre os perigos decorrentes da destruição ambiental.

Por sua vez, o director da escola, Daniel Nogueira, desafiou os alunos a demonstrar um espírito de cidadania ecológica, evitando, assim, actos que coloquem em perigo o ambiente.

Para si, o ambiente tornou-se, na actualidade, uma questão candente e extremamente complexa, pois dele dependente a qualidade de vida do ser humano e de outras espécies, todavia lamentou o facto do ser humano continuar a provocar desequilíbrios na natureza.

“É, pois, uma realidade complexa. Por isso, podemos defini-lo como um paradoxo com duas pernas, pelo que existe o urgente desafio de proteger a nossa casa comum e a preocupação de unir toda a família humana na busca de um desenvolvimento sustentável e integral”, destacou.

Na mesma ocasião, o chefe do departamento de ensino geral na província do Huambo, Leandro Lopes, apontou como principais agressões ao ambiente a devastação de florestas, a contaminação dos rios e suas nascentes, a ineficiência no tratamento de resíduos sólidos, a poluição do ar, a contaminação de terras aráveis e a extinção de espécies.

As 11ªs jornadas científicas do Liceu Católico do Huambo, dedicadas a abordagem de temas relacionados com a preservação do meio ambiente, terminam terça-feira.

Leia também
  • 02/09/2018 22:36:31

    Angola: Tempo em Angola

    Luanda - O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) prevê, até às 18h00 desta segunda-feira (dia 03), céu parcialmente nublado em quase toda região, alternando-se com de céu nublado pela madrugada e manhã, com ocorrência de chuvisco ou chuva fraca em alguns municípios das províncias de Cabinda, Zaire, Bengo, Luanda, Cuanza Sul e Lunda Sul.

  • 30/08/2018 20:47:13

    Extinção de lichias no Huambo preocupa autoridades

    Huambo - Quatro das seis árvores de lichias que havia na cidade do Huambo secaram nos últimos três anos, cujas causas ainda são desconhecidas, facto que está a preocupar, seriamente, a direcção do gabinete do ambiente, gestão de resíduos e serviços comunitários.

  • 30/08/2018 14:11:05

    Praia da Mabunda carece de estudo sanitário

    Luanda - A água da praia da Mabunda, na baía da Corimba em Luanda, necessita de estudo para se determinar a sua salubridade - alertou o director Nacional do Ambiente, Nascimento Soares.