Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

26 Setembro de 2018 | 12h44 - Actualizado em 26 Setembro de 2018 | 13h04

Proteção da floresta do Maiombe reúne peritos em Luanda

Luanda - As metodologias de sustentabilidade a serem aplicadas por Angola, Gabão, RD Congo e Congo Brazzaville para a protecção da Floresta do Maiombe foram analisadas hoje (quarta-feira), em Luanda, por peritos destes quatros países.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Nunes Barata, coordenador da Iniciativa de Angola

Foto: Clemente dos Santos

Em declarações à imprensa à margem do encontro, realizado à portas fechadas, o coordenador nacional da Iniciativa Maiombe em angola, Nunes Barata, frisou que o evento constitui um importante espaço para a partilha de informações sobre a protecção e conservação da fauna e flora desta região.

Segundo ele, o encontro visou definir planos de gestão comunitários da região, que foi elaborado com base num diagnostico participativo a nível dos quatros países.

Declarou que o conflito homem/elefante, muito frequente na zona, levou a criação de uma escola que vai ensinar os agricultores a explorarem de forma sustentável os recursos de Maiombe.

De acordo com ele, além do Ministério do Ambiente, o da Agricultura, que faz o licenciamento de toda a actividade de exploração  florestal, tem feito uma interacção institucional para garantir a gestão sustentável dos recursos naturais de fauna e flora.

A questão da espécies em via de extinção, como o  gorila, papagaio e chimpanzé, foi outro aspecto analisado no encontro.

Angola, na qualidade de líder da iniciativa transfronteiriça do Maiombe, pretende revitalizar os mecanismos de articulação e mobilização de fundos para a conservação do ecossistema florestal localizado na bacia do Congo, região central de África, que envolve ainda o Congo Brazzaville, República Democrática do Congo (RDC) e Gabão.

Assuntos Fauna   Flora   Ministério do Ambiente  

Leia também
  • 26/01/2019 13:35:14

    Caça furtiva ameaça extinguir espécies animais

    Mbanza Kongo - Algumas espécies animais em regime de protecção, com destaque para elefantes e pacaças encontram-se em vias de extinção na província do Zaire, devido à caça furtiva, informou sexta-feira, em Mbanza Kongo, o chefe do departamento do Instituto de Desenvolvimento Florestal (IDF), João Domingos.

  • 14/09/2018 22:28:38

    Ministra do Ambiente repudia substituição de espaços verdes por betão

    Luanda - A ministra do Ambiente, Paula Francisco Coelho, expressou, hoje, em Luanda, o seu descontentamento em relação a substituição de alguns espaços verdes e jardins, por pavimentos de betão, uma prática que vem se intensificando sobretudo na capital do país.

  • 11/09/2018 12:21:38

    Governo avalia caça furtiva no parque do Maiombe

    Luanda - Um diagnóstico sobre a caça furtiva no Parque Nacional do Maiombe, em Cabinda, está a ser elaborado pelo Ministério do Ambiente, no âmbito da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção (CITES).