Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

26 Janeiro de 2019 | 13h35 - Actualizado em 26 Janeiro de 2019 | 13h34

Caça furtiva ameaça extinguir espécies animais

Mbanza Kongo - Algumas espécies animais em regime de protecção, com destaque para elefantes e pacaças encontram-se em vias de extinção na província do Zaire, devido à caça furtiva, informou sexta-feira, em Mbanza Kongo, o chefe do departamento do Instituto de Desenvolvimento Florestal (IDF), João Domingos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Animais

Foto: Clemente dos Santos

Em declarações à Angop, o responsável apontou os corredores Casa da Telha/Soyo e Musserra/Rio Loge como as principais localidades da província onde se verifica com frequência o abate indiscriminado dessas espécies animais.

Sem avançar a média diária de animais abatidos, a fonte referiu que parte considerável da carne é comercializada a passageiros que circulam na estrada nacional 110, que liga a cidade de Mbanza Kongo à capital do país, Luanda.

De acordo com a fonte, esses caçadores exercem a actividade à margem da lei, uma vez que a direcção geral do IDF suspendeu, há cinco anos, o processo de emissão de licença de caça para permitir o repovoamento da população animal na região.

Entre outras espécies mais preferidas por caçadores furtivos na província, João Domingos mencionou a seixa, o veado, a paca, o javali e o macaco.

Quanto à flora, o interlocutor da Angop apontou o pau-preto, pau-ferro e Nfumbwa (folhas comestíveis com maior incidência na zona norte do país) como estando também em via de extinção nesta parcela do território nacional.

Para contrapor a situação, que considera atingir contornos alarmantes, João Domingo disse que o IDF na região vai encetar contactos com a Polícia Nacional e com as administrações municipais para uma fiscalização conjunta da fauna e flora.

O Instituto de Desenvolvimento Florestal na província do Zaire está implantado nos municípios de Mbanza Kongo, Soyo, Tomboco e Nzeto.

Assuntos Fauna   Província » Zaire  

Leia também
  • 27/09/2018 12:02:04

    Detidos cidadãos chineses por suposto crime ambiental

    Soyo - Três cidadãos chineses foram detidos quarta-feira pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), no município do Soyo, província do Zaire, por alegada devastação dos mangais para a construção de um porto clandestino para o contrabando de combustível.

  • 26/09/2018 12:44:55

    Proteção da floresta do Maiombe reúne peritos em Luanda

    Luanda - As metodologias de sustentabilidade a serem aplicadas por Angola, Gabão, RD Congo e Congo Brazzaville para a protecção da Floresta do Maiombe foram analisadas hoje (quarta-feira), em Luanda, por peritos destes quatros países.

  • 11/09/2018 12:21:38

    Governo avalia caça furtiva no parque do Maiombe

    Luanda - Um diagnóstico sobre a caça furtiva no Parque Nacional do Maiombe, em Cabinda, está a ser elaborado pelo Ministério do Ambiente, no âmbito da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção (CITES).