Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

22 Maio de 2019 | 14h37 - Actualizado em 22 Maio de 2019 | 14h37

INAMET aguarda financiamento para montar estações nos municípios

Huambo - O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) aguarda por financiamento da congênere francesa (Meteo France), ao abrigo de um acordo já existente, para montar estações nos 11 municípios da província do Huambo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O facto foi dado a conhecer hoje, quarta-feira, à Angop, pelo chefe da estação local, Fernando Martins Gideão, ao admitir que a falta de estações nos municípios torna quase impossível emitir alertas precisos sobre os fenômenos meteorológicos que ocorrem na província.

Sem dar muitos detalhes sobre o acordo com a Meteo France, que vai consubstanciar-se no reforço da capacidade técnica e humana do INAMET no país,  o responsável informou que a província do Huambo poderá ser contemplada com um radar.

Este equipamento, segundo explicou, vai suprir a falta de estações meteorológicas nas distintas localidades, uma vez que as estações só serão montadas nas vilas municipais, permitindo, assim, maior e melhor comunicação à aviação.

“Com estações meteorológicos nos municípios e um radar, um avião que pretende escalar a província pode, em qualquer lugar do mundo que estiver, aceder às informações sobre o estado do tempo, sintonizando as nossas frequências”, disse.

Fernando Martins Gideão afirmou que, actualmente, os aviões para terem informações do tempo recorrem à torre de controlo, no aeroporto Albano Machado, ou ao Centro de Previsão Nacional.

 Quanto ao funcionamento da estação meteorológico, localizada a menos de 400 metros da pista do aeroporto Albano Machado, considerou satisfatório, referindo que a mesma está equipada com meios modernos e automáticos.

Disse que, através de um emissor e dois receptores, diariamente são recolhidos parâmetros de temperatura, humidade, vento, precipitação e radiação solar que, após serem processados, o INAMET envia para a torre de controlo aéreo e ao centro nacional de previsão meteorológico.

Por enquanto, segundo o chefe da estação meteorológica da província do Huambo, a maior limitação prende-se com a insuficiência de técnicos, pois, segundo disse, os três actuais,  são obrigados a uma carga laboral excessiva.

“A carência de técnicos e pessoal administrativo é a nossa maior preocupação, mas estamos optimistas que possa ser ultrapassada, a curto ou médio prazo, mediante o ingresso de novos quadros”, referiu.

Leia também
  • 21/05/2019 20:35:27

    Estado do mar

    Luanda - O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) prevê, até às 18h00 desta quarta-feira (22), para as quatro regiões litorais de Angola, as seguintes condições climatéricas para a navegação marítima:

  • 20/05/2019 16:10:06

    Angola:Tempo em Angola

    Luanda - O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) antevê, até às 18h00 desta terça-feira (dia 21), para a região Norte do país, ocorrência de chuva fraca ou chuvisco em alguns municípios das províncias de Cabinda, Zaire, Uíge, Luanda, Cuanza Norte e Cuanza Sul.

  • 16/05/2019 17:24:10

    Angola: Tempo em Angola

    Luanda - O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) antevê, até às 18h00 desta sexta-feira (dia 17), para a região Norte do país, ocorrência de ocorrência de chuva fraca a moderada acompanhada, por vezes, de trovoada em alguns municípios das províncias de Cabinda, Zaire, Uíge, e cuanza Norte.