Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

28 Outubro de 2019 | 19h52 - Actualizado em 28 Outubro de 2019 | 20h08

Ambiente quer maior aproveitamento dos resíduos

Luanda - O secretário de Estado do Ambiente, Joaquim Manuel, apelou, nesta segunda-feira, em Luanda, aos empresários a investir na economia circular para o aumento da actividade de aproveitamento dos resíduos e diminuição da quantidade de resíduos que vai para o aterro.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Secretário de Estado do Ambiente, Joaquim Manuel

Foto: Alberto Juliao

Em declarações à imprensa, à margem do lançamento da 7ª edição da Feira Internacional de Tecnologias Ambientais “ Ambiente/Angola 2020”,  explicou que a economia circular consiste na redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energia, substituindo o conceito de fim-de-vida da economia linear, por novos fluxos circulares de reutilização, restauração e renovação, num processo integrado.

Realçou que o conceito é visto como um elemento chave para promover a dissociação entre o crescimento económico e o aumento no consumo de recursos.

O aproveitamento de resíduos em Angola, segundo o dirigente, ainda é muito abaixo. Cerca de 15 por cento apenas do material é reciclado e só se vai aumentar com a economia circular.

Joaquim Manuel disse que a ideia do evento é dar aos catadores de resíduos uma actividade liberal e ter vários pontos de entrega, pesagem e pagamento dos resíduos ou a queima de resíduo sólidos para produção de cimento e energia, sendo este um segmento mais empresarial.

 “ Já existe algumas empresas que começaram a passos, algumas que estão a reutilizar garrafas, pneus, pequenas empresas que fazem aproveitamento de equipamentos electrónicos, mas queremos mais investimento neste sector”, salientou.

Cem expositores nacionais e estrangeiros vão participar na 7ª Edição da Feira Internacional de Tecnologias Ambientais, que decorrerá de 05 a 08 de Junho de 2020, na Baia de Luanda,  sob o lema "Promover o a economia circular em todos os sectores da vida nacional".

Assuntos Ambiente   Sociedade  

Leia também
  • 28/10/2019 19:40:18

    Secretário de Estado reitera protecção do ambiente

    Luanda - O secretário de Estado do Ambiente, Joaquim Manuel, reiterou, nesta segunda-feira, em Luanda, a necessidade de se empreender maior esforço na promoção de actos e práticas de prevenção, auditoria e responsabilização ambiental para consciencialização da actividade transversal do sector.

  • 23/10/2019 17:19:38

    Bié lança campanha de preservação do meio ambiente

    Cuito - O Gabinete Provincial do Ambiente, Gestão de Resíduos e Serviços Comunitários no Bié lançou, terça-feira, na escola do ensino primário e do 1º ciclo Nº 13 (Cuito), um projecto denominado Escolinha do Ambiente, destinado a ajudar a preservar o meio ambiente.

  • 22/10/2019 16:43:42

    Tempo em Angola

    Luanda - O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) prevê, até às 18h00 de quarta-feira (23), para a região Norte do país, a ocorrência de chuva fraca, podendo ser localmente moderada, acompanhada, por vezes, de trovoada em alguns municípios das províncias de Cabinda, Zaire, Uíge, Malanje, Cuanza Norte, Cuanza Sul, Lunda Norte e da Lunda Sul.