Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

15 Junho de 2020 | 11h27 - Actualizado em 15 Junho de 2020 | 11h26

Município da Catumbela aposta na arborização

Catumbela - A vila-sede do município da Catumbela e respectivas comunas contam, nos últimos dias, com trezentas novas mudas de árvores das espécies de eucaliptos, acácias e palmeiras, plantadas no quadro de uma campanha de arborização na província de Benguela.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

OMA participando na plantação de árvores

Foto: Pedro Parente

Denominada “Catumbela Verde”, a campanha, que envolve munícipes e militantes voluntários da OMA e JMPLA, organizações sociais do MPLA, visa tornar a referida vila-sede e as comunas do Gama, Biópio e Praia do Bébé localidades bastante arborizadas.

Falando a propósito da iniciativa, o administrador municipal da Catumbela, Fernando Belo, afirma que o mesmo projecto também inclui a pintura de lancis, manutenção de valas e sarjetas, visando transformar a região num bom lugar de viver.

Realçando que a Catumbela é como “uma casa comum”, Fernando Belo avisa que o êxito do projecto passa pelo envolvimento de todos os habitantes daquela circunscrição da província de Benguela.

Por sua vez, primeira secretária provincial da OMA em Benguela, Maria da Graça António, que abraçou a causa, disse que 650 voluntários das duas organizações sociais do MPLA estiveram engajados na plantação das primeiras 300 mudas de várias espécies de árvores, a fim de despertar a consciência dos munícipes face ao ambiente.

Já o secretário para a Informação da JMPLA em Benguela, Faustino Chanambua, ressaltou o êxito de uma outra campanha relacionada com a limpeza e poda de árvores em jardins e parques, deixando assim a vila-sede da Catumbela com uma imagem mais convidativa.

Admite terem sido recolhidas quantidades significativas de resíduos sólidos, graças ao uso de 100 vassouras, 50 enxadas, 60 pás, dois tractores, 15 carros de mão e sete moto-cisternas para a irrigação dos canteiros onde foram plantadas as mudas.

O projecto, conhecido como “Sábados verdes”, foi lançado no dia 23 de Maio deste ano, na comuna do Gama, na Catumbela, pelo governador provincial de Benguela, Rui Falcão. Até ao momento, já passou pelos municípios de Benguela e do Lobito.

Leia também
  • 08/06/2020 22:01:29

    Lunda Sul sem fiscais ambientais

    Saurimo - A província da Lunda Sul, localizada no centro da região leste de Angola, não dispõe de fiscais ambientais para combater a caça furtiva, exploração ilegal de carvão, madeira, abate de árvores e queimadas anárquicas, revelou hoje, segunda-feira, o director do Gabinete Provincial do Ambiente e Resíduos Sólidos, Carlos Ferreira.

  • 08/06/2020 15:43:32

    Incêndio afecta polígono florestal de Matari-a-Njinga

    Malanje - Cerca de 20 hectares do polígono florestal da localidade de Matari-a-Njinga, na província de Malanje, foram afectados domingo por um incêndio de grandes proporções, resultado de fogo posto por um cidadão nacional.

  • 06/06/2020 17:33:32

    Gabinete do Ambiente do Bié sensibiliza taxistas

    Cuito - Um projecto denominado "Meu Táxi, Amigo do Ambiente" com objectivo de sensibilizar taxistas e passageiros sobre a importância da preservação da natureza foi lançado, neste sábado, na cidade do Cuito, pelo Gabinete Provincial do Ambiente do Bié.