Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

18 Julho de 2020 | 16h28 - Actualizado em 18 Julho de 2020 | 16h27

Águas residuais poluem mar no Lobito

Lobito - O descarte de águas residuais por unidades hoteleiras e similares do bairro da Restinga, no município do Lobito, província de Benguela, além da poluição da baía e do mar alto, representa um sério risco à saúde pública, considera fonte da administração local.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Águas residuais estão a poluir o mar na restinga do lobito

Foto: Pedro Parente

Segundo o administrador municipal adjunto para a área técnica, Ernesto Carlócio, que fazia a apresentação do resultado de um levantamento feito recentemente a 31 unidades, verificou-se que o sistema de descarte tem causado danos ao ambiente, na medida em que a maioria delas usa fossas rotas e cépticas.

O responsável informou que apenas duas unidades possuem um pequeno sistema de tratamento de águas residuais, enquanto algumas unidades utilizam tubos subterrâneos com comprimento considerável para atingir o mar, ludibriando desta forma a fiscalização e os munícipes em geral.

Outras, detentoras de fossas cépticas, utilizam camiões de sucção para retirar os resíduos, mas descartam-no nos mangais da cidade, enfatizou.

Recentemente, foi flagrado um tractor-sisterna a despejar águas residuais no mangal da Caponte, situação que foi imediatamente denunciada por transeuntes, através das redes sociais, segundo o administrador adjunto.

Antes de tomar medidas de acção correctiva, a Administração convocou os membros do conselho de auscultação para apreciarem algumas propostas e posteriormente darem a sua contribuição para melhoria dessa situação.

Entre estas, constam a construção de pequenas Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) para posterior descarte ao mar e evitar a sua poluição.

As referidas ETAR deverão ser colocadas em lugares adequados ao novo sistema e os seus projectos de arquitectura deverão ser entregues à Administração num prazo indicado por esta.

Levantamento idêntico será feito nos próximos tempos em outros bairros do Lobito onde estão concentrados hotéis, restaurantes e bares, para corrigir as situações que estejam a funcionar a margem do sistema normal.

Leia também
  • 18/07/2020 16:15:37

    Província de Benguela ganha mil acácias rubras

    Benguela - Mil plantas, da espécie acácias rubras, foram doadas hoje, sábado, ao Governo de Benguela, por benfeitores naturais desta região, para o reforço da campanha de arborização em curso nas sedes municipais, constatou a Angop.

  • 15/06/2020 11:27:42

    Município da Catumbela aposta na arborização

    Catumbela - A vila-sede do município da Catumbela e respectivas comunas contam, nos últimos dias, com trezentas novas mudas de árvores das espécies de eucaliptos, acácias e palmeiras, plantadas no quadro de uma campanha de arborização na província de Benguela.

  • 06/06/2020 14:19:59

    Lobito recupera 20 jardins

    Lobito - Pelo menos vinte jardins emblemáticos da cidade do Lobito, província de Benguela, começam a ser recuperados nos próximos dias, no âmbito de uma campanha lançada hoje, sábado, para melhorar a imagem da cidade e promover a preservação ambiental.