Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

16 Setembro de 2020 | 17h01 - Actualizado em 16 Setembro de 2020 | 18h24

Governo do Bié pede apoio no combate às queimadas

Catabola - O Governo da Província do Bié necessita do apoio das comunidades para combater, de forma eficaz, as queimadas anárquicas, tendo em conta a preservação da camada de ozono, a flora e a fauna.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

As autoridades governamentais locais têm registado queimadas anárquicas nos municípios do Cuito, Catabola, Camacupa, Cunhinga, Chinguar, Chitembo, Cuemba, Andulo e Nhârea, praticadas, na sua maioria, por camponeses aquando da preparação dos solos.

Está na base dessas queimadas a falta de técnicas ambientais sustentáveis, razão pela qual o Governo está a intensificar a realização de palestras para sensibilizar os agricultores e não só para a conservação do meio ambiente.

Para o director do Ambiente, Gestão de Resíduos e Serviços Comunitários do Bié, Jonatão Ferramenta Cassapi, que falava em Catabola numa palestra subordinada ao tema “O Impacto das Queimadas na Degradação da Camada de Ozono e na Contaminação dos Solos”, é importante reduzir tais práticas na região.

Para o efeito, o sector conta com uma unidade técnica de protecção de ozono e capacitou mais de 50 activistas que contribuem nas acções de sensibilização.

Jonatão Cassapi reiterou o apelo às 11 cooperativas de exploração de diamantes e duas de inertes para traçarem políticas que visam preservar e proteger o meio ambiente.

Enfatizou que a maior preocupação prende-se com os concidadãos que, de forma isolada, exploram inertes sem obedecer as políticas de protecção e conservação do meio ambiente, tendo reiterado ainda o cumprimento rigoroso das medidas de mitigação do impacto negativo do meio ambiente.

Já o geógrafo Augusto Vindes, palestrante, sublinhou que uma das consequências das queimadas é o aquecimento global, provocando o aumento do calor e doenças, redução da visibilidade, bem como da produtividade nas empresas.

As Nações Unidas instituíram o 16 de Setembro como Dia Mundial da Preservação da Camada de Ozono.

A província do Bié, centro de Angola, tem uma extensão de 70.314 quilómetros quadrados e uma população de um milhão e 455 mil habitantes, subdivididos em nove municípios, 30 comunas e mais de três mil aldeias.

Assuntos Apelo   Província » Bié  

Leia também
  • 06/06/2020 17:33:32

    Gabinete do Ambiente do Bié sensibiliza taxistas

    Cuito - Um projecto denominado "Meu Táxi, Amigo do Ambiente" com objectivo de sensibilizar taxistas e passageiros sobre a importância da preservação da natureza foi lançado, neste sábado, na cidade do Cuito, pelo Gabinete Provincial do Ambiente do Bié.

  • 13/12/2019 23:29:24

    Governo do Bié alerta à preservação do ambiente em áreas diamantíferas

    Cuito - O Governador do Bié, Pereira Alfredo, apelou sexta-feira às seis cooperativas diamantíferas, reabertas em Junho deste ano no Andulo e Chitembo, a preservar o meio ambiente durante as suas actividades, sob pena de incorrerem em pesadas multas por parte das autoridades.

  • 23/10/2019 17:19:38

    Bié lança campanha de preservação do meio ambiente

    Cuito - O Gabinete Provincial do Ambiente, Gestão de Resíduos e Serviços Comunitários no Bié lançou, terça-feira, na escola do ensino primário e do 1º ciclo Nº 13 (Cuito), um projecto denominado Escolinha do Ambiente, destinado a ajudar a preservar o meio ambiente.