Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ciência e Tecnologia

19 Dezembro de 2013 | 08h49 - Actualizado em 19 Dezembro de 2013 | 17h09

Ciência e Tecnologia desenvolve plano de interacção entre universidades e empresas

O Ministério da Ciência e Tecnologia (MINCT) desenvolve desde 2011 um plano de interacção entre as universidades do país e empresas públicas e privadas no domínio da pesquisa, visando desenvolver o sector produtivo nacional.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ministra do Ensino Superior, Ciência e Tecnologia, Maria Teixeira Cândido

Foto: Angop

Em declarações à Angop, a titular da pasta, Maria Cândida Teixeira, destacou a criação e lançamento em 2011 da 1ª edição de Calendário de Eventos Científicos, com o intuito de serem harmonizados e evitarem sobreposições, bem como criar-se uma plataforma de interacção entre as instituição de pesquisa.

Este desiderato, disse, visa a mobilidade científica e académica, além de estimular a troca de experiências entre todos intervenientes e funcionamento das mesmas em rede.

Neste contexto, acrescentou, foi apresentado na UNESCO em Paris, em Abril de 2011, a proposta de criação por Angola de um Centro de Excelência de Formação de Doutores e Pós-doutorados em Geociências e Sustentabilidade Aplicada ao Desenvolvimento de nível 2, com financiamento de iniciativa privada.

"Está em via de publicação uma brochura intitulada “Potencial Científico e Laboratorial das Instituições de Ensino Superior e de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico de Angola”, com vista a facilitar a interacção entre os diferentes actores do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (SNCTI), incluindo o sector privado ", avançou.


Por outro lado, a ministra frisou que a realização da 4ª edição da Feira do Inventor/Criador, que culminou com a premiação dos três primeiros classificados é outro cenário de interacção de pesquisadores e inventores por reunir cerca de 100 expositores.

Esta franja de pesquisadores, disse, incorpora no seu leque de actividades visitas de estudo de um grupo de inventores angolanos a empresas do sector produtivo, como universidades, empresas, campos experimentais de instituto de investigação agronómica e fábrica de gás liquefeito.

Estas visitas, acrescentou, têm como objectivo melhor identificação dos problemas dos vários sectores para munir estes pensadores de subsídios e bases para criar engenhos que resolvam problemas sociais.

“Os inventores estendem esta interacção além fronteiras com a participação neste ano (2013), pela 3ª vez consecutiva,  na Feira Internacional de Ideias Invenções e Novos Produtos de Nuremberga (Alemanha), tendo Angola conquistado sete medalhas (uma de ouro, duas de prata e quatro de bronze), o que terá reforçado a posição de Angola no contexto internacional”, disse.

Leia também
  • 22/08/2018 19:04:53

    Abertas candidaturas para 8ª edição dos "Prémios Estrela DStvEutelsat"

    Luanda - Estudantes do ensino secundário, com idades compreendidas entre os 14 e 19 anos, estão habilitados a candidatar-se, até ao dia 12 de Outubro, à oitava edição dos "Prémios Estrela DstvEultelsat", lançado oficialmente terça-feira, em Luanda, com o intuito de incentivar o interesse dos jovens pela ciência e tecnologia.

  • 22/08/2018 19:03:49

    Investigação científica requer parcerias público-privadas

    Luanda - A coordenadora sul-africana do comité técnico conjunto em Ciência e Tecnologia entre Angola e África do Sul, Mabuzela Mampei, advogou hoje, quarta-feira, em Luanda, a necessidade da criação de parcerias público-privadas para a implementação de projectos de investigação científica visando a resposta rápida das pesquisas.

  • 04/08/2018 05:15:02

    Concurso nacional de criação de jogos acontece este mês

    Luanda - A terceira edição do concurso nacional de criação de jogos digitais será realizada a 17 deste mês, em Luanda, numa iniciativa das universidades Metodista de Angola (UMA), Agostinho Neto (UAN) e da Sociedade Angolana da Computação (SAC) e promoção do Ministério do Ensino Superior, Ciência Tecnologia e Inovação (MESCTI).

  • 21/06/2018 12:34:45

    Bancos aderem ao novo serviço da Emis

    Luanda - Sessenta porcento dos bancos comerciais angolanos já aderiu ao serviço "Levantar dinheiro sem cartão", por via dos caixas automáticos (ATM), lançado há um mês, em todo o país, pela Empresa Interbancária de Serviços (Emis).