Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ciência e Tecnologia

07 Setembro de 2016 | 16h12 - Actualizado em 07 Setembro de 2016 | 16h12

Sector garante energia a 100 porcento da população até 2030

Luanda - O director-geral do Centro de Formação de Quadros de Electricidade do Ministério da Energia e Águas, Armindo da Conceição Mussungo, informou hoje (quarta-feira), em Luanda, que o sector vai garantir o fornecimento de energia a 100 porcento da população até 2030.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Armindo Conceição Mussungo, Director-geral do Centro de Formação de Electricidade do Ministério da Energia e Águas

Foto: Francisco Miúdo

O responsável prestou esta informação quando apresentava o tema "As energias renováveis no desenvolvimento das sociedades", durante o encontro "Café com ciência e tecnologia", realizado pelo Centro Tecnológico Nacional (CTN), afecto ao Ministério da Ciência e Tecnologia (Minct).  

De acordo com o responsável, a iniciativa SE4ALL - Sustainable Energy for All (Energia Sustentável para Todos) é a iniciativa mundial, com objectivo de duplicar a quota das energias renováveis até 2030, lançada pelo Secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, em 2011.

Esta iniciativa, acrescentou, abarca três objectivos a serem cumpridos neste período: assegurar o acesso universal da população a serviços energéticos modernos, duplicar a taxa global de melhoria da eficiência energética e duplicar a quota das energias renováveis.

Para si, este acesso a energias modernas implica as menos poluentes como a fotovoltaica, bem como o acesso a fogões a carvão e lenhas, mas que sejam modernos e poluam menos e, consequentemente, com benefícios à saúde dos utilizadores.

"Para se atingir este desiderato em 2030, necessita-se de 250 mil novas ligações por ano, especificamente para áreas rurais, assim como a combinação da aplicação da rede eléctrica a novos sistemas isolados e a kits individuais.

Neste momento, disse, está em curso a conclusão de grandes projectos estruturantes de geração de energia como a ampliação da barragem de Cambambe, ciclo combinado do Soyo e a central hidro-eléctrica de Laúca.

Assuntos Energia   Tecnologias  

Leia também
  • 30/11/2018 13:20:26

    Sétima Feira de Segurança Electrónica acontece em Dezembro

    Luanda - A delegação de Luanda do Ministério do Interior (MININT) realiza, nos dias um e dois de Dezembro, no distrito do Nova Vida, município do Kilamba-Kiaxi, em Luanda, a sétima edição da Feira de Segurança Electrónica.

  • 21/11/2018 13:51:19

    Feira de invenções de Nuremberga aberta a produtos industrializados

    Luanda - A Feira de Ideias, Invenções e Novos Produtos (iENA), anualmente realizada em Nuremberga (Alemanha), pode a partir da edição 2019 contar com produtos industrializados angolanos, em função da inclusão este ano da categoria "Indústria", que premeia produtos de grandes empresas.

  • 19/11/2018 20:01:15

    Estudante lança aplicativo para resgate de valores culturais e linguísticos

    Lubango - Um aplicativo informático denominado “Resgate de Valores Culturais e Linguísticos”, criado pelo estudante Rafael Calitoco, afecto ao Instituto Superior Politécnico Independente (ISPI), será lançado oficialmente na segunda quinzena de Fevereiro de 2019, com objectivo da valorização das línguas nacionais angolanas.

  • 16/11/2018 18:10:06

    Nova Sotecma apresenta carro eléctrico na Expo Indústria e Projekta

    Luanda - Um carro eléctrico para diminuir a poluição do meio ambiente, está a ser apresentado no terceiro salão da Feira da Indústria Angolana - Expo Indústria e Projekta, pela empresa Nova Sotecma.