Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ciência e Tecnologia

23 Junho de 2017 | 13h09 - Actualizado em 23 Junho de 2017 | 13h07

Serviços em nuvem diversificado em Angola

Luanda - A empresa angolana de Sistemas, Tecnologias e Indústria (Sistec) e a multinacional Oracle manifestaram-se, hoje, dispostas a ajudar as empresas nacionais a projectar e controlar os seus processos de integração para aplicativos e troca de dados na nuvem.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Uma base de dados (foto arquivo)

Foto: Arquivo


Esta informação foi avançada pelo administrador para Divisão de Sistemas da Sistec, Carlos de Melo, durante uma "Discussão aberta" com empresas que usam ou podem usar soluções Oracle que envolve serviços em nuvem.

Sobre a relação nuvem e segurança de base de dados, Carlos Melo disse existir recursos para atender os desafios que vão surgindo na internet e protecção de dados.

Para si, a segurança, hoje, na internet é um ponto que requer muita atenção, pelo que a Sistec e a Oracle podem impedir a tentativa de invasão no sistema e dados de empresas e dos sistemas bancários.

Fez saber que estas empresas estão preparadas para enfrentar os desafios do mercado e encontrar soluções eficientes em armazenamento e gestão para acompanhar o ritmo do crescimento de dados.

Disse que a nuvem oferece benefícios aos países desenvolvidos e em desenvolvimento, incluindo a criação de empregos, através da inovação, a redução de custos, inclusão social, maior agilidade e segurança das empresas e particulares.

O armazenamento em nuvem é uma tecnologia que permite os utilizadores fazer Backup (cópia de segurança) dos seus dados para um servidor remoto, hospedado por um provedor de serviços em nuvem.

Assuntos Ciências   Internet  

Leia também
  • 31/10/2018 14:33:33

    África code week 2018 identifica questões sociais

    Luanda - O curso de programação informática África code week 2018, que terminou hoje em Luanda, destina-se a identificar e desenvolver uma solução tecnológica para questões sociais - disse hoje, quarta-feira, a embaixadora dos Estados Unidos, Nina Maria Fite.

  • 18/10/2018 18:23:06

    Multinacional anuncia funcionamento do Sistema de Cabos Submarinos

    Luanda - A multinacional angolana de telecomunicações, Angola Cables, anunciou hoje, em Luanda, a entrada em funcionamento do Sistema de Cabos Submarinos da Costa Ocidental Africana (WACS), condicionado desde o passado dia 18 de Setembro, em consequência do corte registado a cerca de 1,2 quilómetros da Estação de Sangano.

  • 04/10/2018 10:01:36

    Oitenta porcento dos angolanos terão acesso à banda larga em 2022

    Luanda - Oitenta porcento da população angolana deverá ter acesso ao serviço de banda larga até 2022, informou, em Luanda, o secretario de Estado das Telecomunicações, Mário de Oliveira, durante o ?Breakfast com o regulador?, realizado pelo Instituto Angolano das Comunicações (INACOM).

  • 20/09/2018 09:53:45

    Moçâmedes ganha espaços de acesso à internet

    Luanda - Três espaços com sinal de internet gratuita serão inaugurados dia 24 deste mês, na cidade de Moçâmedes, no âmbito do projecto "Angola Online", que visa facilitar o acesso ao conhecimento por via da inclusão digital.