Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ciência e Tecnologia

09 Fevereiro de 2018 | 16h57 - Actualizado em 09 Fevereiro de 2018 | 16h57

Serviço de correios contribuem na captação de receitas

Luanda - Os serviços de correios podem contribuir na captação de receitas a médio e longo prazo, através da criação de empregos, informou hoje (sexta-feira), em Luanda, o secretario de Estado das Telecomunicações, Mário Augusto Oliveira.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Secretário de Estado das Telecomunicações, Mário Augusto Oliveira.

Foto: Nelson Malamba

Na abertura do ciclo de palestras sobre a importância dos Correios de Angola, que decorre sob o lema “Os correios de Angola e seus serviços para o fomento ao micro pequeno negócio”, o responsável disse que estão a ser adoptadas políticas de proximidade junto deste segmento da economia e também na qualidade de serviço.

Mário Augusto de Oliveira acrescentou que com essa proximidade cria-se uma força motora para a diminuição do desemprego, aliciando a juventude para que crie oportunidades empreendedoras.

Pretende-se, refere, que esses serviços tragam segurança, celeridade e qualidade, criando um diferencial patenteado para o desenvolvimento socioeconómico.

"Naturalmente todos nos conhecemos e ouvimos falar em situações de burla e de perdas de mercadorias, essa acção prejudica a actividade destes pequenos e médios empresários, o correio vem estancar isso", frisou.

Mário Augusto Oliveira salienta que tem sido feito um trabalho com o conselho de administração e com o patrocínio do ministério sobre a importância da inserção de mecanismos credíveis de formas a se atingir potenciais investidores.

Fez saber que a fraca adesão da população local aos serviços da instituição deve-se também a falta de informação sobre os trabalhos que os correios realmente fornecem e, sobretudo, devido ao crescimento tecnológico.

Leia também
  • 30/11/2018 13:20:26

    Sétima Feira de Segurança Electrónica acontece em Dezembro

    Luanda - A delegação de Luanda do Ministério do Interior (MININT) realiza, nos dias um e dois de Dezembro, no distrito do Nova Vida, município do Kilamba-Kiaxi, em Luanda, a sétima edição da Feira de Segurança Electrónica.

  • 21/11/2018 13:51:19

    Feira de invenções de Nuremberga aberta a produtos industrializados

    Luanda - A Feira de Ideias, Invenções e Novos Produtos (iENA), anualmente realizada em Nuremberga (Alemanha), pode a partir da edição 2019 contar com produtos industrializados angolanos, em função da inclusão este ano da categoria "Indústria", que premeia produtos de grandes empresas.

  • 19/11/2018 20:01:15

    Estudante lança aplicativo para resgate de valores culturais e linguísticos

    Lubango - Um aplicativo informático denominado “Resgate de Valores Culturais e Linguísticos”, criado pelo estudante Rafael Calitoco, afecto ao Instituto Superior Politécnico Independente (ISPI), será lançado oficialmente na segunda quinzena de Fevereiro de 2019, com objectivo da valorização das línguas nacionais angolanas.

  • 16/11/2018 18:10:06

    Nova Sotecma apresenta carro eléctrico na Expo Indústria e Projekta

    Luanda - Um carro eléctrico para diminuir a poluição do meio ambiente, está a ser apresentado no terceiro salão da Feira da Indústria Angolana - Expo Indústria e Projekta, pela empresa Nova Sotecma.