Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ciência e Tecnologia

21 Novembro de 2018 | 13h51 - Actualizado em 21 Novembro de 2018 | 13h51

Feira de invenções de Nuremberga aberta a produtos industrializados

Luanda - A Feira de Ideias, Invenções e Novos Produtos (iENA), anualmente realizada em Nuremberga (Alemanha), pode a partir da edição 2019 contar com produtos industrializados angolanos, em função da inclusão este ano da categoria "Indústria", que premeia produtos de grandes empresas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O coordenador da delegação angolana à iENA, Gabriel Luís Miguel

Foto: Angop

O coordenador da delegação angolana à 70ª edição da feira de iENA, Gabriel Luís Miguel, prestou esta informação durante o "Café com ciência e tecnologia", realizado pelo Centro Tecnológico Nacional, afecto Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação.

Tendo em conta a recente participação de Angola na feira de iENA, que se realizou de 1 a 4 deste mês, o encontro abordou o tema "Ideias, invenções e produtos angolanos – sua contribuição para o desenvolvimento das sociedades", onde se analisou o sector das invenções no país e a produção industrial das mesmas.

Para Gabriel Miguel, na feira do inventor angolano, que se realiza desde 2009, existe a categoria "empresa", que distingue produtos industrializados, mas ao ir para a Alemanha estes produtos eram registados como "freelancer", que tem a ver com pequenas e médias empresas.

“Na feira de iENA existem as categorias Ensino Superior (universidades e instituições de ensino superior), Freelancers e Juvenis (empresas e escolas do ensino geral) e agora a de Indústria (grandes empresas). A feira do inventor angolano tem as categorias de Ensino Superior (universidades e instituições de ensino superior), Ensino Geral, Empresas e Freelancers, estando por implementar a categoria Juvenis”, explicou.

Na edição 2018 da feira, Angola obteve três medalhas, uma de ouro e duas de prata, com os projecto "Cluster de estações de trabalho com nós virtuais como uma solução de baixo custo para o ensino em Angola", da Universidade Óscar Ribas, medalha de ouro.

As duas de prata atribuídas aos projectos “Resgate da Cultura – Software”, do Instituto Superior Independente da Huíla e o “Efeito da Moringa na resistência insulínica”, da Universidade Metodista de Angola.

A 70ª edição acolheu oitocentas ideias, invenções e novos produtos, das quais 11 de Angola. O certame contou com projectos provenientes de 30 países de várias latitudes com destaque para os únicos representantes africanos de Angola e Egipto.

A iENA, é considerada uma das maiores plataformas sobre ideias, invenções e novos produtos no mundo, onde Angola tem granjeado desde 2009 prestígio de elevada magnitude, justificado pelas 70 medalhas, sendo 13 de ouro, 27 de prata e 30 de bronze e dois certificados de distinção, outorgados aos expositores Angolanos.

O principal foco da Feira das invenções centra-se nas áreas de engenharia mecânica, indústria da construção, tempo livre, hobbies, desportos, engenharia e acessórios para automotores, engenharia médica, medicina e cosmética, protecção do meio ambiente, equipamento de escritório, TIC, electrónica, computação, tecnologia, química, publicidade, design gráfico e agricultura.  

Assuntos Feira   Invenção   Tecnologias  

Leia também
  • 30/11/2018 13:20:26

    Sétima Feira de Segurança Electrónica acontece em Dezembro

    Luanda - A delegação de Luanda do Ministério do Interior (MININT) realiza, nos dias um e dois de Dezembro, no distrito do Nova Vida, município do Kilamba-Kiaxi, em Luanda, a sétima edição da Feira de Segurança Electrónica.

  • 19/11/2018 20:01:15

    Estudante lança aplicativo para resgate de valores culturais e linguísticos

    Lubango - Um aplicativo informático denominado “Resgate de Valores Culturais e Linguísticos”, criado pelo estudante Rafael Calitoco, afecto ao Instituto Superior Politécnico Independente (ISPI), será lançado oficialmente na segunda quinzena de Fevereiro de 2019, com objectivo da valorização das línguas nacionais angolanas.

  • 16/11/2018 18:10:06

    Nova Sotecma apresenta carro eléctrico na Expo Indústria e Projekta

    Luanda - Um carro eléctrico para diminuir a poluição do meio ambiente, está a ser apresentado no terceiro salão da Feira da Indústria Angolana - Expo Indústria e Projekta, pela empresa Nova Sotecma.