Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ciência e Tecnologia

22 Agosto de 2018 | 19h03 - Actualizado em 22 Agosto de 2018 | 19h02

Investigação científica requer parcerias público-privadas

Luanda - A coordenadora sul-africana do comité técnico conjunto em Ciência e Tecnologia entre Angola e África do Sul, Mabuzela Mampei, advogou hoje, quarta-feira, em Luanda, a necessidade da criação de parcerias público-privadas para a implementação de projectos de investigação científica visando a resposta rápida das pesquisas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Membros da Mesa do Encontro conjunto entre Angola e África do Sul.

Foto: Gaspar dos Santos

A responsável, que falava no 8°encontro técnico conjunto em ciência e tecnologia entre Angola e África do Sul, realçou que a referida parceria torna-se importante para o apoio as pesquisas e no estabelecimento de alicerces para responder os desafios e objectivos dos projectos.

Sublinhou ser necessário fazer a gestão dos recursos e pesquisas para garantir que os planos de acção apoiem as necessidades sociais, económicas e políticas de ambos países.

De acordo com a coordenadora, a cooperação bilateral deve nos próximos anos implementar projectos que satisfaçam as necessidades da população.

" Sabemos que o contexto económica de Angola não é dos melhores actualmente, mas devemos apostar no investimento neste sector, quer
 Angola como a África do Sul, para reduzir a pobreza", disse.

Em declarações à imprensa, o director nacional para Ciência e Investigação Científica, António Alcochete, fez saber que Angola tem estado a trabalhar com a República da Africa do Sul na implementação do acordo e foram realizadas várias acções conjuntas, com destaque para o lançamento de dois editais de investigação científica que permitiu a aprovação de 11 projectos.

Os referidos projectos são de matéria de gestão da ciência e Inovação em áreas como biociência, tecnologia de informação e comunicação e biotecnologia.

Acrescentou que o mesmo acordo contribui no desenvolvimento da capacidade humana.

O encontro, que tem o seu término previsto para o dia 24, conta com a participação de quadros do Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, de investigadores científicos nacionais e sul-africanos e de representantes dos dois países dos sectores ligados a produção de bens e serviços.

Promovido pelo Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, o evento visa propor caminhos para o reforço da plataforma cooperação bilateral em ciência e tecnologia e identificar as acções para um novo programa trienal.

Leia também
  • 04/08/2018 05:15:02

    Concurso nacional de criação de jogos acontece este mês

    Luanda - A terceira edição do concurso nacional de criação de jogos digitais será realizada a 17 deste mês, em Luanda, numa iniciativa das universidades Metodista de Angola (UMA), Agostinho Neto (UAN) e da Sociedade Angolana da Computação (SAC) e promoção do Ministério do Ensino Superior, Ciência Tecnologia e Inovação (MESCTI).

  • 21/06/2018 12:34:45

    Bancos aderem ao novo serviço da Emis

    Luanda - Sessenta porcento dos bancos comerciais angolanos já aderiu ao serviço "Levantar dinheiro sem cartão", por via dos caixas automáticos (ATM), lançado há um mês, em todo o país, pela Empresa Interbancária de Serviços (Emis).

  • 16/05/2018 16:59:07

    Angola em mesa redonda internacional sobre mudança tecnológica

    Luanda - A ministra do Ensino Superior, Ciência Tecnologia e Inovação, Maria do Rosário Sambo, representa o país na mesa redonda sobre "O Impacto da rápida mudança tecnológica na consecução dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável", que decorre de 14 a 18 deste mês, em Genebra, na Suiça.