Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ciência e Tecnologia

16 Setembro de 2018 | 20h50 - Actualizado em 16 Setembro de 2018 | 20h50

Angola: Marcolino Canganjo vence 9ª edição da feira do inventor

Luanda - O Inventor Marcolino Canganjo, da província do Huambo, venceu, hoje (domingo), em Luanda, a 9ª edição da Feira do Inventor/Criador Angolano (FeICA), na categoria free lancer com o projecto "Regulador de trânsito electrónico".

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Trata-se de um projecto de semáforos móveis, para serem usados nos locais onde os semáforos fixos estiverem com alguma dificuldade no seu normal funcionamento, até que este esteja a operar devidamente bem.

Em segundo lugar desta categoria ficou a inventora Maria Madureira, de Luanda, com o projecto "produção de quadros brancos e sorvete para limpeza de quadros", enquanto a terceira foi conquistada pelo concorrente António Afonso, da província do Cuando Cubango, com o projecto “carvão iluminante”.

Na categoria de Instituições de Ensino Geral quedou no primeiro posto, o Instituto Médio Politécnico do Lobito, com o projecto "produção de gasolina a partir do plástico”.

A segunda posição foi conquistada pela escola Rei Livongue do Huambo, com o projecto "ventilador multifuncional", enquanto em terceiro lugar ficou o Instituto Médio Politécnico do Bengo, com o trabalho "bengala inteligente".

Por outro lado, o Instituto Superior Politécnico Independente da Huila arrebatou a categoria de Instituições de Ensino Superior, com o projecto “resgate doa cultura”.

O Instituto Superior Politécnico do Cunene obteve o segundo lugar desta categoria com o projecto "produção de adubos orgânicos". A terceira posição foi ocupada pela Universidade Agostinho Neto (UAN), com o projecto "mosquito-war".

Na categoria de Instituições de Investigação Científica foi conquistada pelo Instituto Superior Politécnico de Tecnologia e Ciências (ISPTEC), com o projecto "biotecnologia na destruição do plástico", secundado pela Universidade Metodista de Angola (UMA), com o trabalho "avaliação insulínica com utilização da moringa".

A Universidade Óscar Ribas (UÓR) terminou em terceiro lugar com a obra  "clusterização de estações de trabalho com nós virtuais".

Os vencedores da FeICA habilitam-se, dentre outros prémios, a representação de Angola na Feira Internacional de Idade, Invenções e Novos Produtos (IENA), em Nuremberga (Alemanha).  

Participaram na FeICA de 2018 cerca de 120 projectos de 80 expositores das áreas de informática, segurança, electrónica, educação, ciências ambientais, química e electromecânica.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 29/01/2019 15:37:00

    Empresas inqueridas para aferir desenvolvimento científico do país

    Luanda - O Ministério do Ensino Superior Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI) vai usar uma amostra de mais de 100 empresas ligadas ao ensino superior, investigação científica, desenvolvimento e inovação no 3º Inquérito de Ciência, Tecnologia e Inovação, afirmou, nesta terça-feira, em Luanda, a instituição.

  • 28/07/2018 08:57:57

    Angola está atenta aos desafios da 4ª revolução

    Joanesburgo (Dos enviados especiais) - O ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, José Carvalho da Rocha, afirmou, em Joanesburgo, África do Sul, que Angola está a dar passos para se conformar às exigências da quarta revolução digital, um dos vários temas abordados na 10ª Cimeira dos BRICS, realizada de 25 a 27 de Julho.

  • 28/04/2018 15:20:53

    "G - pessoas" expõe seus serviços na 1ª Edição da FEJETEC

    Luanda - A empresa nacional de prestação de serviços em diversas áreas, "G - pessoas", está a levar ao conhecimento dos visitantes da primeira edição da Feira Nacional Juvenil de Educação, Tecnologia e Cultura (FEJETEC), os seus produtos e serviços.