Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ciência e Tecnologia

28 Setembro de 2020 | 21h28 - Actualizado em 29 Setembro de 2020 | 07h34

Movicel revê tarifário dos planos mensais

Luanda - A operadora de telefonia móvel, Movicel, decidiu, nesta segunda-feira, reajustar, a partir do dia 01 de Outubro, o tarifário dos planos mensais.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Movicel reajusta tarifários

Foto: Kianda Kiungu

Nos últimos dias, os clientes da operadora usaram as redes sociais (facebook) para manifestar-se contra o aumento dos preços do tarifário dos planos mensais, anunciado a 15 de Setembro.

Os planos Takuia e Kargas  sofreram mudanças,  quer nos minutos quer no preçário,  no quadro do plano de transformação da empresa, que justifica a necessidade da melhoria da rede.

Actualmente quem carrega um plano  por  30 dias  paga  10 mil kwanzas contra os 2.200, 3.900 e 7.400 kwanzas dos planos Takuia e Kargas, respectivamente.

O plano Takuia, o mais baixo e com validade de três dias,   que tinha uma oferta de  30 minutos de saldo de voz para a Movicel e  10 para outras redes, passou a custar 500 kwanzas, com a redução de 20 minutos para a mesma rede e cinco para outra.

O plano Karga Leve, que custava 850 kwanzas passou subiu para 1.500 kwanzas, por 07 dias, enquanto o Karga Nice,  que tinha o valor de  2.200 kwanzas, por 30 dias, baixou para 2000, com diminuição

Os planos Takuia e Kargas  sofreram mudanças  quer nos minutos quer no preçário,  no quadro do plano de transformação da empresa, que justifica a necessidade da melhoria da rede.

Já o plano Karga Tudo, com valor de 3.900 kwanzas e validade de 30 dias, tinha benefícios de 750 minutos  para Movicel, 80 para outras redes e 1GB de internet.

No novo tarifário, este baixou para 3.500 kwanzas, com a desvantagem de ser apenas para 15 dias, com 100 minutos para a mesma rede e 15 para outra.

O plano Karga Bwe, que tem a duração de 30 dias, disparou  de 7.40 kwanzas para 10.400 kwanzas,  com apenas 350 minutos para a mesma rede,  contra 1.600 minutos para a rede Movicel e  50 para outra rede, anteriores, e menos um 1GB de navegação.

“Fruto das reclamações dos clientes, reunimos e estamos a fazer um ajustamento do tarifário dos planos Karga Leve, Karga Nice e Karga Tudo, a partir do dia 01 de Outubro”, afirmou o director-geral adjunto da   Movicel, Hélquio  Vieira Dias, em declarações à Angop.

“No quadro das reclamações dos clientes, a Movicel  decidiu  fazer os ajustes para os três planos  mais consumidos”, reforçou.

Conforme o responsável, os ajustes vão abranger os  assinantes que procederam aos carregamentos com o tarifário em vigor desde 15 de Setembro deste ano.

 “A Movicel está a rever a validade  dos planos e resolver a questão dos benefícios  de cada plano”, avançou  Hélquio Vieira Dias, garantindo  que a equipa técnica trabalha na tramitação deste processo, cujo resultado será  comunicado em breve.

Infomou ainda que o ajustamento dos tarifário que entrou em vigor no dia 15 de Setembro ocorreu no âmbito de propostas apresentadas pelo Regulador Oficial.

De acordo Hélqui Dias, a Movicel encontra-se num processo de transformação e quer primar por novos investimentos para a melhoria da sua rede, com o aumento do número de clientes nas  18 províncias do país.

Avança que para garantir a qualidade e a melhoria dos serviços e manter a sustentabilidade, cujos custos operacionais e de investimento são em mais de 70% em divisas, a  Movicel tem procurado estrategicamente se adaptar as condições económicas e financeiras de mercado, procurando sempre a melhoria da qualidade dos serviços com o mínimo de interrupção para os seus utentes. 

Adianta que apesar da forte desvalorização da moeda, não procedeu ao ajuste nos preços em função da flutuação cambial, mas sim em função dos investimentos que tem realizado para a melhoria da qualidade do seu sinal.

Actualmente, a telefonia conta com  cerca de dois milhões de  clientes.

Assuntos Telecomunicações  

Leia também
  • 28/08/2020 15:46:04

    País tem mais de seis milhões de usuários de internet

    Luanda - Seis milhões 857 mil e 62 indivíduos fazem o uso do serviço de internet no país e o sector da telefonia móvel conta com mais de 14 mil subscritores das redes da Movicel e Unitel, respectivamente.

  • 21/07/2020 18:33:33

    Cerca de seiscentas empresas constituídas online

    Luanda - Cerca de seiscentas empresas foram constituídas de Março até a presente data, por via da plataforma do portal dos Serviços Públicos Electrónico (SEPE), informou hoje, terça-feira, em Luanda, o ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem.

  • 21/06/2020 13:48:21

    INACOM regista ataque às operadoras móveis

    Luanda - O Instituto Angolano das Comunicações (INACOM) informa que tomou conhecimento de um ataque às redes das operadoras móveis nacionais, nas últimas horas, e apela aos utilizadores a não atender, nem retornar chamadas internacionais para números desconhecidos.