Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

09 Novembro de 2003 | 10h28

-

Huambo

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huambo, 09/11 - O Interclube adiou sábado no estádio do ferrovia o sonho do Petro Atlético do Huambo de sequalificar para a final da taça de Angola em futebol, ao vencer a equipa do planalto por 1-0.

O único tento do jogo resultou de um forte remate de Pathy aos 81 minutos, sem hipóteses de defesa para guarda-redes Capessa.

O árbitro José de Sousa, da província da Huíla, exibiu quatro cartolinas amarelas aos jogadores Nicho e Caricoco, ambos do Petro do Huambo, Sassoma e Nelsinho, do inter.

No final do jogo o porta-voz do Interclube, Luis Borges, satisfeito com a vitória disse que os seus pupilos conseguiramtodos os esquemas tácticos ensaiados durante os treinos.

Reconheceu que não foi fácil vencer o Petro do Huambo em casa.

Por seu turno, Agostinho Tramagal, técnico dos"Petrolíferos", afirmou que a contenda foi difícil, e que oInterclube está de parabéns pelo triunfo.

As equipas alinharam:

Petro do Huambo - Capessa, Vunda, Xiló, Faustino, Njusse,Nicho, Benicio (Marco), Caricoco (Eliseu), Tanda, Helder (Cambota) e Jaburu.

Interclube: Tcheri, Yuri, Kikas, Wetshi, Enoque, Nelsinho, Sassoma, Pathy (Gito), Zinga (Dadão), Minguito (Milay) e André.