Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

23 Março de 2003 | 20h30

-

Benguela

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Benguela, 23/03 - O 1º de Maio de Benguela perdeu hoje, no estádio do municipal, diante do Desportivo da Huíla, por 1-0, em desafio a contar para sexta jornada do campeonato nacional de futebol da primeira divisão (Girabola 2003).

Perante cerca de quatro mil espectadores, com realce para o governador provincial de Benguela, Dumilde Rangel, o 1º de Maio assumiu desde o início o controlo da partida, sem contudo traduzir em golos as oportunidades criadas.

Com uma exibição acentuada no contra-ataque, os huilanos, agora moldado à Artur Manuel "Manú" em substituição de Daniel Ndunguidi, chegou ao golo aos 38 minutos da primeira parte, por intermédio de Nuna, na sequência de um lance de bola parada.

Na segunda parte, o técnico João Melanchton, bastante pressionado pelos sócios e adeptos do clube, operou algumas substituições, por forma a mudar o rumo dos acontecimentos, mas o ataque encarnado formado por Quimema e Eric foi muito perdulário.

A partida foi marcada pela má actuação do juíza Maximina Bernardo, sobretudo nos aspectos técnicos e disciplinares, para insatisfação dos responsáveis dos proletários.

Para abandonar o estádio, a única mulher a arbitrar jogos do nacional maior, foi escoltada por agentes da polícia nacional, uma vez que os adeptos da formação da casa, insatisfeitos com o resultado, arremessavam pedras e outros objectos.

No final da partida, o técnico do Desportivo da Huíla, Manuel Artur, manifestou-se satisfeito pela conquista dos primeiros pontos, razão pela qual, enalteceu o empenho dos jogadores e da direcção do clube.

Por seu turno, João Melanchton disse que a sua equipa menosprezou o adversário, em função do resultado alcançado na jornada anterior (empate sem golos em casa da Sonangol), daí a derrota sofrida.

O 1º de Maio tem sete pontos na nona posição, enquanto que o Desportivo da Huíla é 13º com três.