Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

07 Maio de 2003 | 21h44

-

Luanda

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda, 07/05 - O Atlético Sport Aviação (ASA) atrasou-sena corrida ao primeiro lugar do Campeonato Nacional de Futebol da 1ª divisão ao empatar hoje com o Sporting de Cabinda sem golos,num jogo de acerto da nona jornada, disputado no Estádio da Cidadela.

Foi um jogo muito equilibrado e emocionante, que pecou apenas nafinalização, dadas as constantes falhas dos atacantes dos dois lados.

Os 25 minutos iniciais foram de estudo mútuo, mas o ASA sobressaiu ao minuto 28, quando o defesa Jamba cabeceou sobre a barra transversal do "keeper" Bijano, do Sporting de Cabinda.

Em resposta, dois minutos mais tarde, o médio Malick dos leoninos tentou surpreender o guarda-redes Papi com um remate que passou sobre a barra da baliza aviadora.

Aos 40 minutos, a equipa nortenha, orientada pelotécnico Miguel Baganga por afastamento, no final de semana, dotreinador principal Carlos Alves, teve nos pés de Mitó a grande ocasião de inaugurar o marcador, mas atirou com pouca intensidade.

O ASA ripostou com um ataque rápido aos 42 minutos, conduzido pelo dianteiro Love, mas não teve o efeito desejado devido à falta de acompanhamento do seus colegas, que chegaram atrasados ao cruzamento da ala direita.

Os visitantes, bastante determinados, apostaram no conta-ataque.

Assim, Nato Faial foi infeliz, quando rematou em jeito e a bola passoubem próximo da baliza "aviadora".

No reatamento, Nato Faial cedeu o seu lugar ao Lucien, que naprimeira intervenção fez um cruzamento "magnífico" do lado direito bem acompanhado por Riquinho, que rematou da primeira dentro da área de Papi, mas o esférico levou a direcção errada.

A equipa de Cabinda ainda estremeceu os actuais campeões nacionais quando um pontapé livre de Malick aos 57 minutos que levava o selo de golo foi evitado por Papi, hoje muito atarefado na protecçãodas suas redes.

Dadas as falhas dos atacantes Love e Kadima (que substituiu Fofaná), o técnico Bernardino Pedroto reforçou o sector dianteiro colocando Rasca em troca pelo médio Dada.

Essa aposta obrigou a equipa da casa a remeter os visitantes à defesa, já que o ASA pressionou bastante. Aos 81 minutos Rasca falhou um cabeceamento que poderia resultar em golo.

Nos últimos nove minutos os "verde e branco" carregaram no "acelerador", criando situações de apuros aos anfitriões, bafejados pela sorte, pois Riquinho e Kani atiraram direcção errada.

Com este empate o ASA somou o seu vigésimo ponto na classificação geral, menos cinco que o líder Petro de Luanda (25).

O Sporting de Cabinda conservou o 12º lugar com sete pontos.