Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

04 Fevereiro de 2004 | 20h41

-

Luanda

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda, 04/02 - O Atlético Sport Aviação (ASA), ao golearhoje o Inter Clube, por 4-1, na primeira mão da Supertaça, no estádio nacional da Cidadela, em Luanda, está a um passo de revalidar o título.

Os campeões nacionais entraram decididos para o encontro, mas não souberam aproveitar as oportunidades criadas nos instantes iniciais, nomeadamente por Love Kabungula, que desperdiçou, aos dois minutos, umasoberana chance para inaugurar o marcador, levando uma bola ao poste.

A pressão "aviadora" resistiu até pouco antes do golo do Inter Clube, apontado aos 28 minutos, por George, na sequência do passe de seu companheiro de equipa Kimena.

A "festa" dos "polícias" da capital durou pouco, pois os campeões nacionais responderam com eficácia uma das investidas de seus pontas de lança,antes do intervalo (1-1), através de Jamba, aos 35 minutos, concluindo de cabeça um cruzamento do lateral direito Renato Campos.

Na etapa complementar, Ângelo, guarda-redes proveniente da Sonangol do Namibe para reforçar o ASA, quase foi batido, aos 55 minutos, por Kimena, que não soube concluir com êxito uma flagrante oportunidade.

A partir desta altura, as duas equipas passaram a jogar mais cautelosos, com a contenção da bola, revelando uma clara timidez, que se desfez após as substituições de Malamba por Milex (ASA) e saída, por lesão, de Kikas, e para o seu lugar o congolês-democrático Wetshi (Inter).

Milex esteve no lance do golo de virada dos "aviadores", apontado por Kadimá, aos 75 minutos, ao fazer uma assistência ao seu colega de equipa, e cinco minutos depois o mesmo avançado bisou, fazendo o 3-1.

O Inter tentou reagir ao terceiro golo sofrido, mas sem sucesso, pois os pupilos do português Bernardino Pedroto anulavam todas as investidas dos "polícias" orientados pelo sérvio Zoran Pesic.

Quando os poucos espectadores que se deslocaram ao estádio da Cidadela esperavam pela redução da vantagem "aviadora", o cabo-verdiano Humbertoselou o resultado em 4-1, aos 90, confirmando a goleada dos campeões nacionais sobre os vencedores da Taça de Angola. A 2ª mão disputa-se domingo.

Sob a arbitragem de Eugênio Colembi, as equipas alinharam: - ASA: Ângelo, Jamba, Matias, Asha, Simão, Malamba (Milex), Kadimá,Jacinto (Paulão), Love, Renato e Humberto.
Treinador - Bernardino Pedroto (Portugal)

- Inter Clube: Tsherri, Yuri, Joel, Kikas (Wettshi), Nelson, Sassoma,Miloy, Ito, Miki (Zinga), Kimena e George (Róger).
Treinador - Zoran Pesic (Sérvia-Montenegro)

Marcha do marcador:
Resultado ao intervalo 1-1
0-1, por George, aos 28 minutos
1-1, por Jamba, aos 35 min.
2-1, por Kadimá, aos 75 min.
3-1, por Kadimá, aos 80 min.
4-1, por Humberto, aos 90 min.

Acção disciplinar: Não foi exibido qualquer cartão.
Assistência: Aproximadamente cinco mil espectadores.