Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

07 Setembro de 2004 | 19h29

Futebol: Inter Clube perde na Cidadela diante da Sonangol

Luanda

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda, 07/09 - O Inter Clube, detentor do título, foi afastado esta tarde da final da taça de Angola em futebol ao perder, no estádio da Cidadela, diante do Desportivo da Sonangol do Namibe, por 1-0, com golo de Totó.

As duas equipas mostraram falta de ritmo competitivo durante os primeiros dez minutosdevido provavelmente à paragem do campeonato nas últimas duas semanas.

Helder, um dos avançados do Inter Clube, teve nos pés a oportunidade de inaugurar o marcador, aos 28, mas rematou para fora e quatro minutos depois Totó fez o único golo da partida, na sequência de um cruzamento.

No sentido de repôr a igualdade, Miloy foi rendido por André, mas nem com isso os"polícias" conseguiram marcar.

A oito minutos do final do encontro, a formação namibense quase ampliou o resultado, por derrube a Bebeto protagonizado pelo guarda-redes Tsherri, mas o árbitro Eugenio Colembi deixou passar, quando deveria assinalar a marca de grande penalidade.

Com este triunfo, o Sonangol disputará a final da Taça de Angola a 11 de Novembro, noestádio da Cidadela, contra o 1º de Agosto, que afastou o Desportivo da Huila, pelo mesmo resultado.

Sob a arbitragem de Eugenio Colembi, as equipas alinharam:
Inter Clube: Tsheri, Pathy, Helder, Nzinga, Joél, Miloy (André aos 36 min), Enoque (Yano aos 54 min), Carlos, Dady, Ito,Wetshi (Lamy aos 67).
Treinador: Raul Kinanga

Sonangol do Namibe: Dodo, Gugas, Tino, Kapiki, Toto (Nelson aos 58 min)Diangani, Costa, Bebeto (Minhas aos 91 min), Calucha(Dady aos 91min), Hugo e Guilherme.
Treinador: Romeu Filemon

Acção Disciplinar: Cartões amarelos: Diangani (19 min), Nzinga (66 min) e Bebeto (83 min).

Assistência: cerca de 500 espectadores