Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

30 Janeiro de 2005 | 21h41

Basquetebol: Supertaça / 1º de Agosto bate Petro de Luanda e conserva troféu

Luanda

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda, 30/1 - O 1º de Agosto conquistou hoje a supertaça "Wlademiro Romero" em basquetebolsénior masculino, ao vencer o Petro de Luanda por 97-82, em partida disputada no pavilhão do Sporting, em Cabinda.

A vitória dos penta-campeões nacionais foi "moldada " no terceiro quarto. Depois de sair para o intervalo a perder por três pontos (41-44), a turma de Mário Palma inverteu a situação vencendo o período por expressivo 20-09, graças a uma exibição distinta de Miguel Lutonda, que arrasou com a concorrência e fez jogar o grupo. O seu desempenho foi de tal maneira influente que mesmo tendo sido desqualificado a dois minutos do fim do encontro, o seu conjunto conseguiu segurar a vantagem que chegou a atingir 16 pontos.

Ao cabo do terceiro quarto a vantagem militar era de oito pontos, e foi consolidada na derradeira etapa da contenda. Os mais produtivos neste quinto triunfo consecutivo na supertaça foram Victor Muzadi (18 pontos), Miguel Lutonda (17), Olimpio Cipriano (17) Wlademiro Ricardino (14), Carlos Almeida (13) e Euclides Camacho (10).

Da parte do Petro de Luanda Lifetu Selengue com 17 pontos, Gerson Monteiro, 16, e Francisco Horácio (12) destinguiram-se, sendo a nota negativa a exibição de Edmar Victoriano, que esteve em "dia não" com apenas nove pontos.

Desde a morte do treinador Wlademiro Romero, em 1999, consequência de um acidente de viação, esta prova de abertura da época passou a ter o seu nome, uma homenagem a um dos principais promotores da modalidade no país e, particularmente na qualidade de técnico do Petro de Luanda.

Curiosamente, desde então a formação petrolíferos nunca conquistou a taça que tradicionalmente é entregueao vencedor pela esposa do homenageado.

O 1º de Agosto soma o seu quinto troféu nesta competição e junta-o aos cinco títulos de campeão nacionale aos dois de vencedor da taça de África dos clubes campeões. todos estes títulos foram conquistados de forma consecutiva.