Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

29 Janeiro de 2005 | 19h26

Futebol: Sagrada Esperança empata com um festival de falhanços

Luanda

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Sagrada Esperança consente nulo com Manga Sport do Gabão na Cidadela

Foto: Foto Angop

Luanda, 30/01 - Um festival de falhanços foi a nota dominante no nulo entre o Sagrada Esperança da Lunda-Norte e o Manga Sport do Gabão sábado, no Estádio da Cidadela, em Luanda, em desafio da primeira "mão" das preliminares de acesso à Liga Africana dos Clubes Campeões em Futebol. #

Perante cerca de mil espectadores, número bastante reduzido para um jogo internacional, as duas formações entraram muito cautelosas para o rectângulo.

O primeiro sinal de golo aconteceu apenas aos 24 minutos por intermédio de Santana, ao não conseguir concluir da melhor forma uma jogada desenvolvida do lado direito do ataque da equipa angolana.

Dois minutos depois, Lebo Lebo, sozinho dentro da área, não foi capaz de recepcionar um passe sa­do de um ponta pé de canto. Aos 28, foi a vez do Manga Sport falhar junto da baliza do guarda-redes Goliath.

O Sagrada Esperança ressentiu a ausência do seu público, já que actuando na cidade do Dundo teria mais apoio e um número considerável de adeptos que seria capaz de arrebatar um resultado positivo e, talvez, confortável.

Tudo isto influenciou na má prestação dos vice-campeões nacionais, que durante otempo regulamentar protagonizaram apenas falhanços, com realce a do Chinho que, aos 81 minutos, cometeu o maior "escândalo" da partida, quando isolado na área rematou por cimada baliza adversária.

Este empate poderá compromenter a continuidade dos lundas nesta prova, apesar de estarem ainda repartidas as possibilidades para cada formação chegar a fase seguinte.