Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

11 Junho de 2005 | 20h42

Futebol: Sagrada Esperança afasta Petro de Luanda da Taça de Angola

Luanda

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda, 11/06 - O Sagrada Esperança da Lunda-Norte redimiu-se da derrota sofrida no Girabola frente ao Petro de Luanda por uma bola a zero e afastou hoje a formação da capital da Taça de Angola, ao vencer por 5-4 aos penaltes, com 1-1 no tempo regulamentar.

Os diamantíferos começaram o jogo virados ao ataque, destacando-se as exibiçõesda dupla avançada (Chinho/Santana). Devido à sua velocidade ofensiva, os defesaspetrolíferos encontraram várias dificuldades para travá-los.

Fruto dessa pressão, o Sagrada Esperança chegou ao golo, por Palucho, aos 27minutos, aproveitando uma defesa incompleta de Lamá. Dois minutos depois,o Petro de Luanda deu sinal de que estava disposto a repor a igualdade.

Flávio rematou forte, mas a bola foi ao poste, evitando o empate dos anfitriões.

Aos 30 minutos, por acumulação de cartões, Maninho Loide foi expulso. Apesardisso, a equipa da Lunda-Norte não baixou os braços e prosseguiu a sua toada, ?aterrorizando? o último reduto tricolor.

Na última parte do jogo, Mbiavanga comandou as operações dos petrolíferos, lançando a equipa para o ataque. Por duas ocasiões consecutivas teve o golo aos seuspés, mas Goliath, guarda-redes da formação contrária, travou os intentos do congolêsdemocrático.

Porém, o empate "saiu" do banco com a entrada de Manucho e Gazeta para oslugares de Francis e Bernardo, respectivamente. Manucho, depois de diversos falhanços,acertou na baliza aos 77 minutos, numa assistência de Zé Kalanga.

Até ao fim do tempo regulamentar, o Petro dominou o jogo, sem no entanto traduzir esse ascendente em golo.

Na "lotaria" das grandes penalidades, os visitantes foram mais felizes ao converteremquatro tiros, contra três dos anfitriões, fixando o resultado em 5-4. Zé Kalanga e Tana falharam pelo Petro, enquanto pelo Sagrada Esperança Lebo Lebo atirou para fora.

Equipas:

Petro de Luanda - Lamá,Vilares, Renato, Tana, Maninho, Bernardo (Gazeta), Chara,Mbiyavanga, Zé Kalanga, Omar Francis (Manucho) e Flávio.

Treinador: Arthur Bernardes (Brasil).

Sagrada Esperança - Goliath, Lebo Lebo, Palucho, Jojó, Bondoso, Andia, Maninho Loyde,Santana (Fatite), Cadé (Moisés), Mbala e Chinho.

Treinador: Francisco Moniz (Mário Calado está suspenso pela FAF).

Árbitro: Eugénio Colembi.

Acção disciplinar: cartões amarelos para Maninho Loyde (expulso por acumulação), Tana, Santana, Lebo Lebo, Maninho e Mbiavanga.

Assistência: cerca de 2.500 espectadores.