Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

09 Maio de 2006 | 23h22

Basquetebol: 1º de Agosto vence Petro na experiência

Luanda

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em jogo a contar para a 1ª mão da Taça de Angola, o 1º de Agosto venceu o Petro

Foto: Foto Angop

Luanda, 10/05 - Com um plantel constituido maioritariamente por jogadores da selecção nacional, o 1º de Agosto venceu terça-feira, no pavilhão da Cidadela, o Petro de Luanda, por 85-78, numa partida onde os "petrolíferos" demonstraram falta de experiência nos minutos finais.#

Com esta vitória, os "militares" ficam a um passo de conquistar a Taça de Angola, uma vez que necessitam apenas de gerir a vantagem de sete pontos alcançada hoje na primeira mão da competição.

O primeiro quarto foi marcado pelo confronto entre dois postes, Abdel Bouckar (1º de Agosto) e Eduardo Mingas (Petro). O jogador petrolífero esteve "imperial" em baixo da tabela, apontando 11 pontos e conquistando seis ressaltos, dois ofensivos e quatro defensivos.

Do lado militar, a resposta surgiu por parte de Abdel, autor de 10 pontos e conseguiu dois ressaltos defensivos. Resultado 27-19 a favor do 1º de Agosto, no final do primeiro periodo, onde mais de metade dos pontos dos "tricolores" foi marcada pelo ex-jogador do Interclube.

No quarto seguinte, Eduardo Mingas voltou a evidenciar-se, obrigando o técnicoadversário a efectuar constantes mudanças no seu defensor directo. Ainda assim, não conseguiu impedir o poste de apontar 10 dos 18 pontos do Petro de Luanda.

Neste mesmo período, o poste português do Petro de Luanda, Francisco Jordão,foi expulso pelo árbitro Carlos Júlio, por contestar falta assinalada contra a sua equipa.

Os "rubro-negros", com jogadas colectivas, marcaram o mesmo número de pontosque o seu adversário (18) e conseguiram manter a vantagem de oito pontos até aointervalo (45-37).

No reatamento, os militares apontaram 25 pontos contra 16 dos tricolores. VictorMuzadi foi o principal obreiro da "avalanche" ofensiva do 1º de Agosto, marcandosete pontos dos quais quatro smashes.

Com Mingas apagado, marcando apenas dois pontos, o Petro de Luanda não encontrou soluções para parar o pelotão das forças armadas, por isso 70-53 foi oresultado no final do terceiro quarto.

No último período, quando se esperava por uma gestão da vantagem por parte dosrubro-negros, o Petro de Luanda recuperou e a quatro minutos do final da partida jásó perdia por 74-71.

Motivada com a redução da desvantagem por parte da sua equipa, a claque petrolifera,que uns minutos antes esteve silenciosa, despertou e começou a acreditar na vitória. Porsua vez, os adeptos militares calaram-se diante da falta de reacção da formação doRio Seco.

A três minutos e 23 segundos do final do encontro, o base do Petro de Luanda MiltonBarros perdeu a condução da bola e Walter Costa aproveitou para marcar dois pontos e ganhou falta com direito a um lance livre, também concretizado.

No lance seguinte, os petroliferos marcaram apenas um ponto e na resposta Victor Muzaditerminou a jogada em smash. Daí a equipa do eixo-viário perdeu o controlo do desafio,enquanto o seu adversário usava a experiência dos seus atletas na gestão dos 24 segundos deposse de bola.

Fruto disso, o 1º de Agosto terminou o jogo com uma vantagem de sete pontos, 85-78,apesar de perder o quarto por 15-25.

A segunda mão da final da Taça de Angola disputa-se sexta-feira no mesmo recinto.

Equipas:

1º de Agosto: João Neto, Carlos Almeida (13), Armando Costa (4), Olimpio Cipriano,Joaquim Xavier, Vlademir Ricardino (4), Victor Muzadi (21), Abdel Bouckar (18), WalterCosta (8), Miguel Lutonda (15), Ndong Ndiaye (2), Mbuila Katiavala.

Treinador: Jaime Covilhã Petro de Luanda: Eduardo Mingas (27), Luis Costa, Carlos Morais (8), Simão Panzo,Leonel Paulo (8), Edmar Victoriano, Shannon Crooks (7), Gerson Monteiro (2), Hélder King,Milton Barros (21), Francisco Jordão (2), Victor de Carvalho (3).

Treinador: Alberto de Carvalho "Ginguba"

Resultados por períodos: 27-19, 45-37, 70-53, 85-78