Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

09 Agosto de 2006 | 20h23

Futebol: Guarda-redes da Académica do Lobito evita derrota no Huambo

Huambo

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huambo, 09/08 - O guarda-redes da Académica do Lobito, Joque, foi a principal figura no empate (1-1), desta tarde, em casa do Sport Huambo e Benfica "Mambroa", em partida de acerto a 3ª jornada do torneio zonal de apuramento ao Girabola 2007, série B.

O guarda-redes foi oportuno ao impedir as acções ofensivas da formação "encarnada", que, ao longo dos 90 minutos da contenda, incomodou insistentemente o último reduto do seu adversário.

Os minutos iniciais do jogo foram caracterizados por uma grande entrega entre ambos os conjuntos, mas com algum ascendente dos donos de casa, que pressionavam mais no jogo, ante uma Acadêmica que se defendia bem e saia em contra-ataque.

O Benfica, bem apoiado pelos seus adeptos, teve o primeiro sinal de perigo aos 32 minutos por intermédio de Domingues, com a bola a embater no poste direito da baliza defendida por Joque.

No reatamento, os encarnados entraram mais pressionantes no jogo em busca do golo da vitória, mas os seus avançados revelavam alguma falta de eficácia na altura da finalização, permitindo com que o guarda-redes contrário muitas vezes evitasse o golo.

Aos 78 minutos depois de uma jogada colectiva, Cabinda, já dentro da área adversária de pontapé acrobático, acertou no travessão, para dois minutos mais tarde, Daniel que acabará de render Nandinho, apontar o golo favorável aos encarnados (80`). A alegria dos anfitriões, porém, foi de pouca dura. Cigarro, que também veio do banco, restabeleceu a igualdade à passagem do minuto 82, ditando o resultado final do prélio.

No final do encontro, o técnico principal do Benfica, Napoleão Brandão, mostrou-se visivelmente descontente com mais este empate da sua formação que ainda aspira chegar à liderança da prova e conquistar deste modo um lugar de acesso ao próximo Girabola.

"Temos que felicitar acima de tudo a táctica defensiva montada pelo adversário, principalmente a actuação do seu guarda-redes que, pelo menos hoje, foi uma barreira intransponível para os meus jogadores fazerem o golo", lamentou.

Por seu turno, António Lopes "Chiby" (técnico do Benfica) valorizou a entrega da sua rapaziada que conseguiuconquistar mais um ponto com sabor a vitória "É um resultado moralizador, sobretudo devido às varias adversidades que enfrentamos no jogo", afirmou, acrescentando que a equipa de arbitragem esteve mal ao expulsar o seu atleta.

Com este empate os "lobitangas" continuam lideres da prova com sete pontos, menos dois que osencarnados na 3ª posição, enquanto que o Recreativo da Caála do Huambo, em face da falta de comparecia averbadaao Desportivo do Kakuvas do Cunene, ascendeu para o 2º lugar agora com seis pontos.

O Petro do Huambo ocupa a 4ª posição com quatro pontos, o Desportivo Recreativo do Libolo do Kuanza Sul, com três pontos, é 5º classificado, ao passo que sem qualquer ponto estão as formações do Desportivo da Chibia da Huíla e o Kakuvas do Cunene na 6ª e 7ª posições.

O Árbitro Manuel da Cunha (Luanda) exibiu cartolinas amarelas a Kotel, Nanana, da Acadêmica, e Pingo do Benfica.

As equipas alinharam da seguinte forma:

Benfica - Paulo Cunha, Pingo, Nick, Henrique e Kialunda, Chipopa (cap), Nandinho (Daniel), Cabinda(Tidy) e Domingues (Godo), Dede e Costa.
Treinador, Napoleão Brandão

Acadêmica do Lobito - Joque, Valdir, Dani, Kotel e Nanana (Gùi), Mateus, Jô, Jerry (Cigarro) e Metsy (Gamarra), Dadi e César Canaã (cap).
Treinador; Antonio Lopes "Chibi"