Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

04 Novembro de 2007 | 20h00

Futebol: 1º de Maio elimina 1º de Agosto e causa surpresa na Taça

Luanda

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda, 04/11 - O 1º de Maio de Benguela causou surpresa na meia-final da Taça de Angola em futebol ao eliminar hoje o 1º de Agosto aos penaltes, por 4-3 (1-1), contrariando os prognósticos.

No estádio dos Coqueiros, em Luanda, assistiu-se a um 1º de Maio sem receio do favoritismo do adversário e inaugurou o marcador aos 18 minutos por Adolfo, com um remate colocado à entrada da grande área.

O tento dos “proletários” apenas premiou o domínio que vinham exercendo ante um 1º de Agosto que, apesar de estar a actuar com dois pontas de lança (Love e Milanzi), não teve um meio campo à altura das encomendas.

Com o capitão Zé Augusto lesionado, a semelhança de Mbiavanga Capela, a formação militar ressentiu-se e perdeu criatividade, situação bem aproveitada pelos contrários.

A equipa de Benguela privilegiou o jogo ofensivo, uma atitude que acabou por surpreender os “militares”, num jogo em que podiam muito bem ter marcado mais do que um golo não fosse a falta de eficácia dos seus dianteiros.

Mesmo no fim da primeira parte Coimbra, isolado na pequena área e com o guarda-redes batido, rematou para as malhas laterais naquela que foi a oportunidade mais flagrante do Maio.

No reatamento, os agostinos entraram determinados, mas foram os benguelenses que beneficiaram das primeiras oportunidades de golo, sendo a mais flagrante por Fita, aos 65 minutos.

A igualdade no marcador viria a acontecer através de Love aos 74 minutos. Na cobrança de um pontapé de canto por Bacala, o ponta-de-lança atirou de cabeça para o fundo das redes.

Até ao apito final o jogo pautou-se pelo equilíbrio, mas na marcação das grandes penalidades venceu quem mais fez por merecer ao longo da contenda. O 1º de Maio converteu quatro vezes contra três do 1º de Agosto.

Com arbitragem de Jorge Magalhães, as equipas alinharam da seguinte forma:

1º de Agosto – Pictu, Loco, Abel, Elísio, Kumaka, Róger, Letu (Danny aos 62), Bakala, Mano (Gazeta aos 75 minutos), Love e Milanzi.

Treinador: Ian Brouwer (holandês) 1º de Maio de Benguela - Lokwa, Lily, Gui, Calala, Dinho, Sassoma, Jodson (Zezinho aos 76 m), Marco, Coimbra, Adolfo (Fita aos 64 m) e Sting

Técnico: Rui Teixeira (angolano)

Marcadores:

1-0, Adolfo, aos 18 minutos

1-1, Love, aos 74 min

Penalties (1ª série):

1º de Agosto - Alberto e Gazeta; falharam Love, Kumaca, e Milenzi1º de Maio - Sassoma e Fita, falharam Kalala, Coimbra e Vunda

resultado: 3-3

Segunda série:

Dinho marcou e Denny falhou

Resultado Final: 4-3

Acções disciplinares: amarelo para Loco, Jadson, Calala, Marcos, Dinho, Róger e Lily.

Recinto: estádio dos Coqueiros Assistência: cerca de dois mil espectadores