Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

16 Agosto de 2008 | 17h36 - Actualizado em 16 Agosto de 2008 | 17h35

Direcção da Caála demite treinador por maus resultados

Futebol/II Divisão

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huambo - A direcção do Clube Recreativo da Caála demitiu, sexta-feira, no Huambo, o treinador da sua equipa principal de futebol, Hélder Teixeira, devido aos maus resultados que o conjunto tem vindo a somar na série B do torneio de apuramento ao próximo campeonato nacional de futebol da I divisão (Girabola-2009).

A decisão de afastar Hélder Teixeira no comando técnico do conjunto azul e branco do município da Caála foi tomada no final de uma reunião de emergência que visou analisar o desempenho da equipa na prova, com incidência para a goleada sofrida na ronda anterior, por 4-0, diante da Académica do Lobito.

A reunião deliberou ainda a criação de uma comissão técnica, composta por Patrick Kódia (ex-treinador adjunto) e Moisés da Silva, vice-presidente desportivo, que irão dirigir a equipa até a contratação de um novo treinador.

A entrada da sexta jornada, que se disputa já no domingo, o Recreativo da Caála ocupa a 6ª posição da série, com três pontos e detém também a pior defesa, com oito golos sofridos, contra os três marcados.

Na sua sétima tentativa consecutiva de ascender a I divisão, o conjunto reforçou-se com 18 novos jogadores, além da contratação de uma nova equipa técnica liderada por Hélder Teixeira, coadjuvado por Patrick Kódia.

O Recreativo da Caála vai defrontar este domingo, no estádio dos Kurikutelas, cidade do Huambo, a Baixa de Cassanje. Na próxima
jornada, a última que resta para a conclusão da 1ª volta da prova, irá jogar diante do Atlético do Namibe.

Fundado em Junho de 1944, o Recreativo da Caála, era considerado nas décadas 70 e 80 um conjunto de destaque no futebol angolano, porém nunca competiu na maior prova do futebol nacional.

A sede social deste grémio, incluindo o seu estádio relvado, centro de estágio de atletas e demais infra-estruturas sociais e desportivas, localizam-se na Caála, a 23 quilómetros da cidade capital da província do Huambo.

A sexta jornada compreende ainda os jogos entre Ondjiva FC/Académica do Lobito (no Cunene), Leões do Tchifutchi/Benfica do Huambo (no Moxico), folgando, por força de calendário, o líder da série (Atlético do Namibe).


A prova disputa-se em sistema todos contra todos, a duas voltas, apurando-se para a I divisão as duas equipas que somarem, no
final, maior número de pontos. As formações do Benfica do Huambo, Académica do Lobito e Atlético do Namibe são as únicas que já militaram na I divisão.

Esta é a terceira demissão que se regista na série. As outras ocorreram na Baixa de Cassanje e Académica do Lobito.


 
Classificação da série B:

1º Atlético do Namíbe      -  13 pontos.

2º Benfica do Huambo    -  09     //


3º Académica do Lobito  -  07   //


4º Ondjiva Fc do Cunene  - 04  //


5º Leões do Tchifutchi      - 04    //


6º Recreativo da Caála    -  03    //


7º Baixa de Cassanje     –  01       //

Assuntos Província » Huambo  

Leia também