Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

02 Setembro de 2008 | 23h18 - Actualizado em 03 Setembro de 2008 | 08h47

Bandeira nacional será içada na vila paralímpica

Desporto adaptado

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda - A cerimonia de boas vindas e o içar da Bandeira de Angola na vila paralímpica em Pequim (China), realiza-se quarta-feira, três dias depois da chegada da selecção nacional ao local que vai albergar a competição para deficientes, a disputar-se de 7 a 17 deste mês.

A informação foi prestada hoje à Angop, a partir de Pequim, pelo secretário-geral do Comité Paralímpico Angolano (CPA), António Manuel da Luz, que confirmou a abertura do evento no dia seis, e que José Armando Sayovo será o porta-bandeira da selecção.

Segundo a fonte, a equipa que se encontra alojada no terceiro piso do bloco B6 da vila, bem no centro da cidade de Pequim, realizou no último dia uma classificação médico-desportiva.

O secretário-geral do CPA confirmou igualmente a inscrição de Angola na modalidade de atletismo, com uma equipa constituída por José Armando Sayovo e Octávio dos Santos, que irão competir nas distâncias de 100, 200 e 400 metros, para deficientes visuais (classe t11), Francisco Manuel, nos 100, 200 e salto em comprimento.

O conjunto nacional, liderado pelo técnico José Manuel, integra ainda o atleta Joaquim Manuel, que vai evoluir nos 100 e 200 metros, para deficientes da classe t12 (cegueira parcial), Evalina Alexandre, nos 100, 200 e 400 metros, e Domingos Sebastião, deficiente motor, classe t46, que vai competir nos 100 e 200 metros.

   

Quanto aos treinos, António da Luz referiu que estão a ser realizados sem rescrições, num dos campos para efeito dentro da vila paralímpica, acrescentando que a equipa encontra-se em perfeitas condições de saúde.

  

Na prova, saliente-se, Angola tem como objectivo a obtenção de resultados positivos, repetindo as proezas obtidas por José Sayovo nos 100, 200 e 400 metros nos jogos da Grécia Atenas2004. 

Assuntos Angola  

Leia também
  • 23/06/2018 11:59:04

    Tea Club realiza III Festival infanto-juvenil

    Luanda - Pelo menos 500 crianças, dos seis a 16 anos de idade, filiadas em clubes de Luanda, participaram neste sábado no III Festival Infanto-Juvenil de Desportos aquáticos, subaquáticos e xadrez, promovido pela Associação Tea Club, em colaboração com o Complexo Piscina de Alvalade.

  • 10/06/2018 14:19:08

    Kabuscorp interpõe recurso à FIFA no "caso TP Mazembe"

    Luanda - O Kabuscorp do Palanca interpôs um recurso à FIFA e aguarda pelo desfecho para se ultrapassar o impasse que o opõe com TP Mazembe da RDC, sobre uma alegada dívida contraída pelo clube angolano, por altura da contratação de Tresor Mputu Mabi.

  • 10/06/2018 14:13:54

    Basquetebol: ISPTEC na final do campeonato universitário

    Luanda - A formação do Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências (ISPTEC), campeão em título, apurou-se hoje para a final do campeonato universitário de basquetebol em masculinos, após vitória no prolongamento frente à Universidade Lusíada, por 85-80, em jogo da meia-final disputado no seu reduto, em Luanda.

  • 02/06/2018 16:00:18

    Akwá defende incentivo às crianças para prática do futebol

    Luanda - A necessidade de se dar maior incentivo às crianças que praticam o futebol para que no futuro os resultados apareçam, pressuposto que deve estar aliado a criação de infraestruturas condignas, foi defendido hoje, sábado, pelo ex-futebolista e capitão da selecção nacional, Fabrice Mayeco "Akwa".