Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

15 Outubro de 2008 | 20h21 - Actualizado em 17 Outubro de 2008 | 20h51

Santana e Love protagonizam duelo de goleadores

Futebol

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Santana (Amarelo) e Love (vermelho) travam duelo

Foto: Angop

Luanda – Depois de ambos terem se destacado na 23ª jornada com três golos cada, Santana e Love, líder e vice-líder da artilharia do Girabola/2008, defrontam-se sábado, no Estádio dos Coqueiros, para 24ª ronda, num jogo que poderá decidir o campeão se a vitória pertencer aos petrolíferos.

Enquanto as suas equipas (Petro de Luanda e 1º de Agosto) lutam pelo título, juntos estarão a travar um duelo para a conquista do troféu de melhor marcador, mas sem descurar o jogo colectivo como prioridade.

Santana, com 15 golos, encontra-se em vantagem e procura escrever pela primeira vez o seu nome na galeria dos artilheiros do Girabola. Por sua vez, Love, com 14 tentos, está atrás do terceiro troféu, depois de conquistar em 2004 e 2005 ao serviço do Atlético Sport Aviação (ASA).

Nem sempre o avançado “petrolífero” jogou na posição de ponta de lança. Antes, o atleta actuava pelas alas,  explorando a principal característica (a velocidade). Assim foi no Petro de Luanda, onde iniciou a carreira, e mais tarde no Sagrada Esperança.

Mesmo actuando nestas posições, o atleta sempre teve faro para golo, sobretudo no jogo aéreo. Bernadino Pedroto, o treinador do Petro, insatisfeito com o rendimento dos avançados à disposição, adaptou o futebolista para a posição mais adiantada da equipa e descobriu nele um potencial goleador.

Prova disso são os 15 golos marcados até ao momento e com hipóteses de “engordar” a sua conta.

Ao contrário do seu principal opositor, Love Kabungula não precisa apresentar credenciais nas vestes de goleador, depois das saídas de Flávio e Manucho Gonçalves, para o futebol egípcio e inglês, respectivamente.  

  
 
Tornou-se no melhor ponta de lança do Campeonato Nacional. Marca presença regular na selecção nacional e já está, desde 2004, na história dos artilheiros.

Enquanto Santana procura o seu primeiro título, para Love conquistar a terceira “bota de prata” é tornar-se no segundo maior goleador do Girabola, depois de Jesus, o único que venceu por três vezes (1982/84/85), ao serviço do Petro de Luanda.

Por outro lado, em termos quantitativos, o campeonato não tem sido muito frutífero. Nos últimos dez anos, os artilheiros têm apontado poucos golos, com excepção para Flávio, que marcou 23 em 2001.

Nas restantes temporadas, os goleadores não chegaram aos 20 tentos, tendo mesmo alguns terminados na frente com apenas 12 (André, Interclube).

Carlos Alves, pelo 1º de Agosto, foi o futebolista que apontou o maior número de golos numa edição do Girabola (29 em 1980).

Para si, Love tem maiores probabilidades de ficar com o título do que Santana. “É mais objectivo e está sempre na área à procura do golo, movimenta-se bem e é tão oportuno que baralha qualquer defesa”, justificou.

 “Já Santana é menos objectivo. Afasta-se muito da área e não é tão oportuno quanto ao atleta do 1º de Agosto”, disse, salientando que Love deverá ultrapassar o jogador “tricolor” nas próximas jornadas.

Na óptica de Amaral Aleixo, artilheiro em 1991/92 pelo Sagrada Esperança e Petro de Luanda, sendo até ao momento o único vencedor do troféu em duas ocasiões e em equipas diferentes, os dois futebolistas repartem o favoritismo, mas tudo vai depender do desempenho do colectivo nas próximas jornadas.

Explicou que as exibições do atleta “petrolífero” têm surpreendido pela positiva por não se tratar de um ponta de lança de raiz, mas sim adaptado.

“Ele está motivado e em bom momento de forma. Poderá ser decisivo nos próximos desafios e manter-se até ao fim na liderança da lista dos melhores marcadores. Mas ainda tem algumas debilidades e comete erros que um jogador com vivência naquele lugar não comete”, sublinhou.

Em relação a Love afirmou: “É um jogador muito experiente e rotinado naquela posição”.

Realçou que se marca poucos golos por culpa dos sistemas tácticos utilizados, destacando-se a vertente defensiva.

Por Nelson Pascoal

Assuntos Província » Luanda  

Leia também
  • 28/10/2018 14:11:33

    Futebol adaptado: Angola abre mundial com Ucrânia

    Luanda - A selecção nacional de futebol para amputados defronta a Ucrânia a uma hora de segunda-feira ( 19 horas locais deste domingo), em jogo inaugural, Grupo D, do Campeonato do Mundo, iniciado sábado em Guadalajara (México).

  • 26/10/2018 01:37:32

    Afrotaças: "Perdemos a eliminatória em casa" - Ivo Traça

    Luanda - O técnico-adjunto do 1º de Agosto, Ivo Traça, admitiu quinta-feira, na capital do país, que a equipa perdeu a eliminatória das meias-finais da Liga de Clubes Campeões Africanos em futebol, no jogo da primeira - mão (dia 3), no Estádio 11 de Novembro, devido a vitória mínima de 1-0.

  • 23/10/2018 21:31:01

    Árbitro tendencioso tira D'Agosto da final da Liga

    Luanda - A actuação tendenciosa do árbitro zambiano Janny Sikazwe contribuiu significativamente no impedimento do 1º de Agosto atingir a final da Liga dos Clubes Campeões Africanos de futebol, ao perder diante do Esperance de Túnis, por 2-4, em jogo da meia-final da prova, disputado hoje, no Estádio Olímpico de Radés, na Tunísia.

  • 23/10/2018 14:12:54

    Futebol: Escola Brincando Com a Bola necessita de apoio

    Luanda - A escola de futebol denominada Brincando Com a Bola, situada no distrito do Zango, no município de Viana, em Luanda, necessita de apoios para a vedação, terraplenagem do campo e para aquisição de outros materiais de apoio.