Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

28 Dezembro de 2009 | 18h23 - Actualizado em 28 Dezembro de 2009 | 19h49

Manjoretes animam público na inauguração do Estádio de Ombaka

CAN2010

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Interior do estádio de Ombaka

Foto: Angop

Benguela – Ao som de baterias manuais envolvidas por centenas de bandeirolas publicitando a Taça de África das Nações Orange-Angola2010, o grupo Manjoretes proporcionou esta segunda-feira, no novo estádio Nacional de Ombaka momentos inesquecíveis de cultura às entidades governamentais e à população de Benguela que assistiram ao acto inaugural do recinto.

No estádio de Ombaka, erguido a cinco quilómetros a Nordeste da cidade de Benguela, para servir de palco dos jogos da primeira fase das selecções do Egipto, Nigéria, Moçambique e Benin (Grupo C), as dançarinas da banda vestidas de azul, amarelo, vermelho e verde se desdobraram com harmonia, atraindo a atenção dos presentes na cerimónia, de quem receberam aplausos.

As bailarinas “rítmicas” encantaram a todos, levando alegria e entretenimento, logo após ao corte da fita inaugural pelo primeiro-ministro, António Kassoma, em acto presenciado ainda pelos ministro das Obras Públicas, dos Transportes, do Planeamento e da Hotelaria e Turismo, Higino Carneiro, Augusto da Silva Tomás, Ana Dias Lourenço e Pedro Mutinde, além dos governadores provinciais de Benguela e do Huambo, Armando da Cruz Neto e Faustino Muteka.

Apesar do forte sol que se fazia sentir na altura, o grupo de animação cultural benguelense não se inibiu e ofereceu no relvado do estádio uma verdadeira festa de cores, animando o público presente, entre personalidades governamentais, munícipes e turistas.

Os vice-ministros da Comunicação Social, das Obras Públicas, e para a aérea da Juventude, Miguel de Carvalho Wadijimbi, Joanes André e Yaba Alberto também estiveram presentes na cerimónia que marcou a abertura oficial do estádio ao público.

Leia também