Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

04 Abril de 2010 | 23h59 - Actualizado em 05 Abril de 2010 | 00h04

Petro vence Ovarense e evita última posição na Super Taça Compal

Basquetebol

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda - A equipa sénior masculina de basquetebol do Petro de Luanda venceu esta noite no pavilhão principal da Cidadela a formação da Ovarense de Portugal, por 59-66, em partida pontuável para a terceira e última jornada da primeira edição da Super Taça Compal, tendo a equipa angolana evitado assim a última posição.

       O Petro de Luanda tinha a obrigação de vencer este desafio visto que nas duas jornadas anteriores havia sido derrotada pelo 1º de Agosto e Sport Lisboa e Benfica, sendo esta última por 52-87 e acabou por deixar uma imagem muito pálida daquilo que é o basquetebol angolano.

      Com grandes debilidades quer no sector ofensivo quer no   defensivo, a formação treinada por Alberto Babo mostrava alguma falta de confiança para levar de vencida o seu opositor e a Ovarense terminou o primeiro período em vantagem 19-13.

    No período seguinte, a formação"tricolor", sem um lançador de serviço, bem como a falta de um líder na quadra, apresentava alguma ansiedade para ficar na frente do marcador.

      Na etapa seguinte a equipa angolana despertou com o poste Miguel Kiala e o base Paulo Santana a evidenciarem-se ante um Ovarense que apresentava algum cansaço físico, fase em que o Petro de Luanda passou para frente do placar pela primeira vez 31-32 por pouco tempo, mas o cinco de Ovarense foi para o intervalo em vantagem 39-47.

     O intervalo fez bem ao Petro de Luanda, que entrou com uma maior determinação e com disciplina táctica a se fazer sentir e mostrava ainda que lutaria até aos derradeiros minutos para evitar o último posto.

      No quarto período voltaram a mostrar que ainda possuem algumas qualidades técnicas e conquistavam assim a sua primeira vitória na competição reservada aos campeões nacionais de Portugal e Angola e respectivos vencedores das Taças.

      Eduardo Mingas, que nas duas primeiras partidas anteriores somou apenas um ponto frente ao 1º de Agosto e dois frente ao Benfica, hoje foi o melhor cestinha da partida com dezasseis mais três que John Waller da Ovarense.

      O Petro somou o seu terceiro ponto os mesmos que a Ovarensese, mas a equipa angolana fica à frente por ter somado duas derrotas e uma vitória enquanto a Ovarense em três partidas não venceu nenhuma.

    

 A decisão do título foi entre o 1º de Agosto e o Sport Lisboa e Benfica.

Equipas:

Ovarense: Miguel Rodrigues(00), Pedro Azvedo(09), José Barbosa(03), Nuno Avares(03), André Pinto(12), Cris Lee(00), John  Waller(13), Miguel Costa(09), Nelson Costa(05), Humberto Oliveira(05),Nuno Morais(00).

Treinador: Mário Leite

Petro de Luanda: Eduardo Mingas(16), Curtis Terry(07), Fernando Albano(05), Roberto Fortes(02), Afonso Rodrigues(00), Paulo Santana(09), Miguel Kiala(11), Francisco Horácio(03) Mário Porter(09) Vladimir Pontes(00), Hermenegildo Mbunga(04), Idelfonso Kiteculo(00).

Treinador: Alberto Babo

Assuntos Província » Luanda  

Leia também