Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

09 Junho de 2010 | 05h56 - Actualizado em 09 Junho de 2010 | 12h06

1º de Agosto a uma vitória do 16º título nacional

Basquetebol

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Kikas Gomes (vermelho) durante o jogo com o Libolo

Foto: Angop

Luanda - Ao vencer hoje, no pavilhão da Cidadela, o Recreativo do Libolo por 93-87, em partida da nona jornada da fase final

do Campeonato Nacional sénior masculinos "final four", o 1º de Agosto ficou a uma vitória da revalidação do título.

Com esta vitória, os "militares" (18 pontos) precisam vencer apenas um dos três jogos que restam para festejar a revalidação do troféu, o 16º na sua galeria, uma vez que somará 20 pontos e ainda que perca os restantes totaliza 22, pontuação impossível de ser alcançada por outra equipa.

Deste modo, o encontro diante do ASA quinta-feira, no pavilhão do Rio Seco, poderá servir para abertura do champanhe. Os outros desafios serão frente ao Petro de Luanda (sábado) e Libolo (terça-feira).

Esta noite (terça-feira), diante do Libolo, o 1º de Agosto foi obrigado a puxar pela experiência dos seus jogadores para superar um adversário cujo o único objectivo era a vitória para se manter na "luta" pelo título, numa partida repleta de bons gestos técnicos tanto a nível defensivo como ofensivo.

As duas formações, as melhores da actualidade no país, protagonizaram um bom espectáculo marcado pelo equilíbrio do princípio ao fim. Os vários empates ao longo do encontro (35-35, 48-48, 55-55, 57-57, 79-79, 81-81) são prova da quão renhida foi a partida que juntou o esqueleto base da selecção nacional.

A formação do Libolo começou o jogo a vencer e conseguiu manter-se na frente até ao final do primeiro quarto, mas com o 1º de Agosto sempre por perto (27-23). A três minutos do final do período seguinte, os "rubro-negros" passaram pela primeira vez na frente do marcador (33-35) graças a um triplo de Miguel Lutonda.

Daí, as duas equipas foram alternando a liderança, mas com maior ênfase para a formação "militar" que se mantinham mais tempo em vantagem. Foi nesta toada que ambas foram para o intervalo com o 1º de Agosto a liderar o placar (44-46).

No reatamento, terceiro período, o equilíbrio manteve-se e durante seis minutos e 13 segundos a diferença pontual alternava apenas entre dois a um ponto, até que a formação do Kwanza Sul "esticou" e deu a volta ao resultado terminando o referido quarto em vantagem (75-72).

No quarto decisivo, as "estrelas" do Libolo, Carlos Morais e Cipriano, começaram a "aparecer" no jogo e a cada ponto marcado por estes parecia consumada vitória pela forma como os adeptos festejavam.

No entanto, jogados seis minutos e 25 segundos o árbitro David Manuel assinalou falta dupla a Mário Correia e Morais e ambos completaram cinco faltas, menos uma para desqualificação. Prontamente Raúl Duarte substituiu o antigo jogador do Petro de Luanda, ao passo que Luís Magalhães manteve o seu triplista em campo, apesar do risco.

Foi assim que os "militares" passaram a controlar o desafio, enquanto que o Libolo perdeu força ofensiva. A 3:33 minutos do final os adeptos do 1º de Agosto pedem pela entrada de Miguel Lutonda que foi atendida pelo técnico Luís Magalhães, numa altura em que era necessária a presença de jogadores experientes.

A perderem por 84-88, os pupilos de Raúl Duarte beneficiaram de três lances livres e reduziram para um ponto (87-88) quando faltavam 2:53 minutos para terminar a partida.

Nos minutos seguintes, fruto da experiência de Carlos Almeida (melhor marcador 20 pontos), Kikas e Lutonda e inspiração do jovem Felizardo Ambrósio (melhor ressaltador 14), o 1º de Agosto marcou cinco pontos sem sofrer nenhum e fixou o resultado final em 87-93 a seu favor.

Com arbitragem de Domingos Simão e David Manuel, as equipas alinharam da seguinte forma:

Libolo: Domingos Bonifácio (03), Olímpio Cipriano (18), Luís Costa (03), Carlos Morais (14), Gerson Monteiro (00), Adilson Câmara (00), Leonel Paulo (17), Abdel Gomes (00), Omar Peterkins (13), Reggie Moore (16), Feliciano Camacho (00), Milton Barros (03).

Técnico: Raúl Duarte

1º de Agosto: Filipe Abraão (00), Adilson Baza (00), Mário Correia (19), Kikas Gomes (17), Felizardo Ambrósio (14), Vlademir Ricardino (04), Francisco Jordão (07), Adolfo Quimbamba (00), Carlos Almeida (20), Miguel Lutonda (12), Rodrigo Mascarenhas (00), Hermenegildo Santos (00).

Técnico: Luís Magalhães

Resultados parciais: 27-23, 46-46 (intervalo), 75-72, 87-93 (final)