Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

12 Fevereiro de 2011 | 01h33 - Actualizado em 12 Fevereiro de 2011 | 01h33

1º de Agosto bate Libolo na Supertaça Compal em Lisboa

Basquetebol

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Lisboa (Do enviado especial) - O 1º de Agosto deu sexta-feira um passo importante na “corrida” pelo título da Supertaça Compal, que decorre em Lisboa (Portugal), ao vencer o Recreativo do Libolo por 77-76, na abertura da competição que visa estreitar a relação Angola/Portugal.

Os representantes angolanos deram espectáculo e souberam dignificar o basquetebol africano.

Os cerca de três mil espectadores deliciaram-se com afundanços de Cipriano, triplos de Milton Barros e Carlos Almeida, além das assistências de Armando Costa, que foi o melhor neste capitulo (4).

Os “militares” foram mais eficientes, principalmente no último quarto, e conseguiram uma magra vantagem de um ponto que os coloca na liderança da prova com dois.

Os campeões angolanos também estiveram bem na defesa e conseguiram anular vários ataques do adversário que ficou, no segundo período, dois minutos sem marcar qualquer ponto.

Com 22 pontos, o poste do Libolo Reggie Moore foi o melhor cestinha do encontro disputado no pavilhão de Campo Pequeno, mas insuficientes para que a formação do Kwanza Sul saísse vencedora.

O primeiro quarto foi dominado pelo 1º de Agosto que terminanou, com alguma naturalidade, na liderança ao fim do período (16-11).

No quarto seguinte, os pupilos de Luís Magalhães voltaram a comandar os minutos iniciais, alcançado aquela que até ao momento era a maior diferença pontual do encontro (25-13). Quando se esperava que os “rubro-negros”, fruto da experiência, mantivessem a vantagem até ao final do período, o Libolo recuperou e igualou a partida a três minutos do término do período (27-27).

No entanto, os comandados de Raúl Duarte não conseguiram melhor do que o empate, uma vez que o 1º de Agostou foi para o intervalo vencendo por 35-31.

Ao contrário dos quartos anteriores, o terceiro foi equilibrado do primeiro ao último minuto, tendo, nesta fase do encontro, registado vários empates (48-48, 50-50, 61-61, 64-64). Ainda assim, foram os “militares” a saírem vencedores (64-61) demonstrando a sua superioridade, principalmente em termos tácticos.

No último período, o 1º de Agosto conseguiu impôr um ritmo lento no jogo e procurou explorar sempre os 24 segundos de posse de bola antes de cada lançamento. De forma inexperiente, o Libolo, que se encontrava em desvantagem, seguiu o mesmo jogo e acabou perdendo o desafio.

Os triplos de Milton Barros, nos minutos finais, serviram apenas para reduzir a desvantagem da equipa do Kwanza Sul no final do jogo. 77-76, a favor do 1º de Agosto, foi o resultado final.

Com arbitragem dos portugueses Carlos Santos, Sérgio Silva e Pedro Rodrigues, as equipas alinharam da seguinte forma:

1º de Agosto: Filipe Abraão (00), Armando Costa (08), Adilson Baza (00), Mário Correia (09), Kikas Gomes (10), Felizardo Ambrósio (16), Hermenegildo Santos (00), Hélder Ortet (05), Adolfo Quimbamba (03), Carlos Almeida (14), Miguel Lutonda (00), Karlton Mims (12).

Técnico: Luís Magalhães

Libolo: Olímpio Cipriano (18), Francisco Sousa (00), Domingos Bonifácio (00), Edson D'domiena (09), Abdel Gomes (00), Mayzer Alexandre (08), Reggie Moore (22), Feliciano Camacho (02), Abdel Bouckar (08), Simão Santos (00), Milton Barros (09), Edgar Chocolate (00).

Técnico: Raúl Duarte