Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

21 Outubro de 2011 | 15h57 - Actualizado em 26 Outubro de 2011 | 06h52

Antigo praticante atribui competitividade à maior investimento dos clubes

Girabola2011

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Antigo praticante reconhece maior competitividade no Girabola

Foto: Angop

Luanda - A competitividade do campeonato nacional de futebol deve-se a melhor organização dos clubes e aos investimentos efectuados para a presente temporada na ordem aleatória de três a quatro milhões de dólares, afirmou nesta sexta-feira à Angop o presidente da Associação de Antigos Futebolistas de Angola (AAFA), Joaquim Sebastião.

Antecipando-se ao balanço quando faltam duas jornadas para o fim da prova, o antigo defesa central acha igualmente que para o Girabola2011os clubes foram muito mais criteriosos na selecção de treinadores e atletas estrangeiros que, excepcionalmente, se constituíram em mais valia em relação às edições anteriores.

Acrescentou que o aumento de jogadores jovens utilizados nos vários clubes envolvidos na maior competição do "desporto-rei” também influenciou no nível competitivo, destacando o Petro de Luanda, cujo lateral esquerdo, Miguel, é titular da selecção nacional desde a participação no CHAN2011.

Para o antigo jogador do Petro Atlético e da selecção nacional os índices competitivos do actual campeonato nacional, em que o título é disputado entre o Recreativo do Libolo (56 pontos) e Kabuscorp do Palanca (52) é também consequência da exigência de se jogar apenas em campos relvados. 

Conhecido nas lides futebolísticas por “Quim Sebas”, o ex-praticante disse que hoje já se vive o futebol de formal mais profissional tanto ao nível dos clubes como por parte dos atletas, facto que atrai elevado número de praticantes, onde depois se vai buscar a qualidade.

“O Girabola está a tornar-se tão competitivo de tal modo que já tem "conquistado" jogadores de qualidade, tanto no país como na diáspora que são atraídos, também, pelos bons contratos e salários”, frisou.

Assuntos Província » Luanda  

Leia também
  • 12/11/2018 19:15:16

    Andebol: FAAND convoca selecção para CAN em Brazaville

    Luanda - Foi convocada nesta segunda-feira, em Luanda, a selecção nacional sénior feminina de andebol tendo em conta o Campeonato Africano das Nações, de 2 a 12 de Dezembro, no Congo Brazaville.

  • 12/11/2018 14:43:34

    Golf: Angola vence torneio Dipanda President Cup 2018

    Luanda - Angola vence, pela primeira vez, o torneio de golfe alusivo ao Dia da Independência Nacional, com três pontos à frente da equipa composta pelos melhores golfistas do "resto do mundo".

  • 11/11/2018 18:57:18

    Futebol adaptado: Misto do Huambo revalida Taça de Angola

    Luanda - O Misto da província do Huambo em futebol para amputados revalidou neste domingo o título de campeão da Taça de Angola com vitória sobre o 1º de Junho de Luanda, por 3-1, em partida disputada no estádio dos Coqueiros.

  • 28/10/2018 14:11:33

    Futebol adaptado: Angola abre mundial com Ucrânia

    Luanda - A selecção nacional de futebol para amputados defronta a Ucrânia a uma hora de segunda-feira ( 19 horas locais deste domingo), em jogo inaugural, Grupo D, do Campeonato do Mundo, iniciado sábado em Guadalajara (México).