Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

18 Fevereiro de 2012 | 23h48 - Actualizado em 18 Fevereiro de 2012 | 23h48

Libolo bate 1º de Agosto e fica em terceiro na taça Compal

Basquetebol

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda) - A equipa sénior masculina de basquetebol do Recreativo do Libolo ficou na terceira posição na Taça Compal ao derrotar o 1º de Agosto por 79-65 em partida da classificativa do terceiro lugar.

Depois de ficarem arredadas da final da competição ainda na primeira fase, que decorreu na cidade de Benguela, hoje no pavilhão principal da Cidadela o 1º de Agosto e o Libolo protagonizaram o duelo angolano na Taça Compal que já leva três edições.

Os “militares” entraram bem na partida e todas a vezes que foram para o cesto contrário marcaram e tiveram a oportunidade de sair a vencer o primeiro período por 9-20.

Já o seu oponente com uma equipa mais faltosa e pouco certeira quer nos lances livres como também no jogo exterior não conseguiu melhor do que marcar apenas nove pontos cujos seus mentores foram Edson Ndoniema, José Salvador e o norte americano Tommie Eddie.

Ao notar a improdutividade da sua equipa, Mário Palma solicitou desconto de tempo dada a forma ofensiva como a equipa do Kwanza Sul entrou para o segundo quarto. O Libolo acreditou e foi buscar o resultado e chegou a empatar o placar por 28-28 enquanto que Olímpio Cipriano com um triplo colocou a sua equipa pela primeira vez em vantagem numa altura em que faltavam jogar dois minutos.

A força de vontade e crer da turma do Kwanza Sul fez com que fosse para o intervalo com a vantagem de seis pontos (38-32).

No reatamento, os do Kwanza Sul mostraram mais uma vez o porquê da vantagem que traziam do intervalo e o seu jogo exterior funcionou, visto que nos primeiros quatro minutos já venciam por 46-34.

Ainda neste período, o treinador luso guineense da equipa “militar” solicitou em duas ocasiões igual número de descontos de tempo para poder corrigir as suas peças em campo.

Joaquim Gomes Kikas e Carlos Almeida, dos mais experientes na turma do Rio Seco, conseguiram dar conta do recado ao protagonizarem boas jogadas que levaram a um empate 55-55 no fim do terceiro período.

Na fase da decisão, quarto e último período, o Libolo foi buscar uma diferença de 10 pontos 70-60 quase todos feitos por Olímpio Cipriano e Tommie Eddie, que de forma antecipada acabaram com as esperanças do 1º de Agosto até então detentor do título.

O Recreativo do Libolo acabou por chamar a si a vitória de 79-65, onde o destaque foi o extremo Olímpio Cipriano que marcou 26 pontos.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 25/01/2019 15:47:59

    Desporto eleva imagem de Luanda

    Luanda - Pitoresca e cheia de atractivos, Luanda é uma inesgotável fonte de talentos. A cidade, fundada em 1576, destaca-se pela cultura desportiva de boa parte dos habitantes.

  • 31/12/2018 08:59:20

    Retrospectiva2018: Andebol reforça hegemonia

    Luanda - Sem igual, o andebol feminino reforçou este ano a hegemonia em África, com a conquista de mais um título, elevando para 13 o leque de troféus erguidos desde 1998. Em 20 anos, apenas em três ocasiões o país falhou o "caneco".

  • 28/12/2018 17:32:47

    Retrospectiva2018: Desporto adaptado gera ouro

    Luanda - A conquista do Campeonato do Mundo de Futebol para Amputados, em Novembro, no México, produziu júbilo generalizado. Pela sua relevância, este título faz do desporto adaptado embaixador angolano pelo mundo, por direito próprio.

  • 28/12/2018 10:55:05

    Retrospectiva2018: Futebol volta a "brilhar"

    Luanda - O futebol angolano conseguiu contrariar, em 2018, a tendência de fracassos que, nos últimos anos, fragilizavam a imagem dos clubes e da selecção nacional.