Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

13 Dezembro de 2012 | 16h34 - Actualizado em 13 Dezembro de 2012 | 16h33

Construção do estádio do Recreativo da Caála termina dentro de 30 dias

Futebol

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Caála- As obras de construção do estádio Mártires da Canhala, pertença do Clube Recreativo da Caála, terminam dentro de aproximadamente 30 dias, a julgar pela celeridade que os construtores estão a aplicar na execução dos trabalhos.

Em declarações hoje, quinta-feira, à imprensa, o fiscal da obra, Tiago dos Santos, informou estarem a decorrer trabalhos conclusivos na infra-estrutura, caracterizados por pinturas, assentamentos de louça sanitária e retoques do pavimento, ao mesmo tempo que está a ser semeada a relva no rectângulo de jogos.

Apesar das constantes e intensas chuvas na região, criando entraves no curso normal dos trabalhos, Tiago dos Santos garantiu que os construtores continuam empenhados com objectivo de concluírem a obra antes do fim de Janeiro.

"As chuvas constituem grande estorvo para a normalidade dos trabalhos, mas, ainda assim, continuamos de mangas arregaçadas e empenhados, com objectivo de cumprirmos os prazos.

Acredito, a julgar por tudo o que já foi feito e o pouco que falta fazer, que dentro de 30 dias o estádio estará concluído", destacou.

Disse que até ao momento o grau de execução física das obras equivale a 85 porcento, tendo acrescentado que as bancadas, o camarote, a pista de tartan, os sistemas de bombagem e drenagem de água, bem como os de controlo sonoro e de iluminação já estão concluídos.

O fiscal da obra afirmou que o estádio Mártires da Canhala, erguido no mesmo local do anterior (com capacidade para três mil espectadores), tem sistemas alternativos de abastecimento de água e energia eléctrica e 12 mil lugares nas bancadas e camarotes.

Referiu que uma das inovações da infra-estrutura desportiva é a montagem de duas incineradoras para destruição de todos os resíduos que forem produzidos no local nos dias de jogo. As obras de construção do estádio do Recreativo da Caála, localizado na cidade da Caála, a 23 quilómetros da cidade do Huambo, iniciaram em finais de Abril de 2011.

Subdivididas em três fases, a primeira consistiu na demolição das infra-estruturas existentes, a segunda centrou-se na construção de um novo estádio para doze mil espectadores sentados, balneários e colocação da pista de tartan à volta da quadra, para a prática de atletismo.

A terceira fase, ainda sem data de arranque, contempla a construção, na zona adjacente ao estádio, de uma quadra polidesportiva, centro de estágio para os atletas e equipa técnica, área administrativa (escritórios e gabinetes da direcção do clube) e ginásio.

O anterior recinto deixou de receber partidas oficiais em 2008 para entrar em obras de reabilitação que nunca chegaram ao fim. Por esta razão, o Recreativo da Caála tem disputado os seus jogos, na condição de visitado, no estádio dos Kurikutelas, cidade do Huambo, pertença do Clube Ferrovia.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também