Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

29 Dezembro de 2012 | 20h28 - Actualizado em 29 Dezembro de 2012 | 20h28

Treinador Necas apela união da família e consenso na FAB

Basquetebol

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

  

Luanda – O treinador adjunto do Interclube, Manuel Sousa “Necas”, apelou hoje (sábado), em Luanda, a união da família do basquetebol nacional, por forma a ultrapassar o actual diferendo eleitoral na Federação Angolana de Basquetebol (FAB).        

Em declarações à Angop, à margem do jogo de fim de ano entre velhas guardas do basquetebol, no pavilhão 28 de Fevereiro, o antigo triplista da selecção angolana apontou a necessidade de um consenso entre as partes envolvidas para o bem comum.

“É preciso que todos os intervenientes cheguem ao entendimento e consenso para o bem do basquetebol angolano. Todos somos poucos para trabalhar unidos em prol do desenvolvimento da nossa modalidade. Devemos procurar unir e harmonizar a família do basquetebol, para que a mesma atinja os objectivos do país”, disse.     

O auxiliar do técnico Alberto de Carvalho “Ginguba” na equipa da polícia referiu ainda que as divergências dos amantes do basquetebol devem ser resolvidas de forma consensual e pacífica no seio do colectivo. 

Quanto ao acto, que também serviu de apresentação de cumprimentos ao colectivo do Interclube, além das partidas entre antigos jogadores e iniciados femininos (1º de Agosto/Interclube), foi homenageada a capitã da formação do Interior, Catarina Camufal, pelo comportamento e desempenho.

Sobre o diferendo na FAB, a lista C, liderada por António Henriques da Silva, solicitou a impugnação do acto eleitoral, decorrido em 08 deste mês, alegando irregularidades no processo, que deu vitória ao candidato Paulo Madeira, da B.

Remeteu providência cautelar ao Tribunal Provincial de Luanda, impedindo a tomada de posse do elenco. Em causa está a população votante nas províncias do Bié e Benguela.

A comissão eleitoral, liderada por José Cardoso de Lima, confirmou Paulo Madeira como novo presidente da FAB, em substituição de Gustavo da Conceição, para o quadriénio 2012/2016.

Em 40 eleitores, a lista B obteve 20 votos, contra 16 da lista C. A candidata da lista A, Conceição Sampaio, conseguiu apenas quatro votos.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 25/01/2019 15:47:59

    Desporto eleva imagem de Luanda

    Luanda - Pitoresca e cheia de atractivos, Luanda é uma inesgotável fonte de talentos. A cidade, fundada em 1576, destaca-se pela cultura desportiva de boa parte dos habitantes.

  • 31/12/2018 08:59:20

    Retrospectiva2018: Andebol reforça hegemonia

    Luanda - Sem igual, o andebol feminino reforçou este ano a hegemonia em África, com a conquista de mais um título, elevando para 13 o leque de troféus erguidos desde 1998. Em 20 anos, apenas em três ocasiões o país falhou o "caneco".

  • 28/12/2018 17:32:47

    Retrospectiva2018: Desporto adaptado gera ouro

    Luanda - A conquista do Campeonato do Mundo de Futebol para Amputados, em Novembro, no México, produziu júbilo generalizado. Pela sua relevância, este título faz do desporto adaptado embaixador angolano pelo mundo, por direito próprio.

  • 28/12/2018 10:55:05

    Retrospectiva2018: Futebol volta a "brilhar"

    Luanda - O futebol angolano conseguiu contrariar, em 2018, a tendência de fracassos que, nos últimos anos, fragilizavam a imagem dos clubes e da selecção nacional.