Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

24 Junho de 2013 | 17h51 - Actualizado em 24 Junho de 2013 | 17h51

Pavilhão da cidadela pronto em Julho para Mundial

Hóquei em Patins

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda - O pavilhão principal da Cidadela estará pronto em Julho próximo, para servir de apoio às selecções participantes ao 41º Campeonato do Mundo de hóquei em patins, a disputar-se de 20 a 28 de Setembro nas cidades de Luanda e Namibe, garantiu hoje à Angop, o director do complexo desportivo, Joaquim Cafuchi.

Segundo o responsável, as obras de reabilitação da infra-estrutura iniciada no ano passado, que consiste, principalmente, na substituição do teto e do piso, encontram-se já na sua fase conclusiva.

“Podemos constatar que as obras correm a bom ritmo e esperamos que até ao final do próximo mês estará concluída e em condições adequadas para apoiar o mundial de hóquei em patins. Além do hóquei, terá ainda melhores condições de servir outras modalidades desportivas de sala”, disse. 

A cargo de duas empresas nacionais e uma chinesa, os trabalhos de remodelação consistem na substituição total do teto antigo, do piso e loiças dos balneários, bem como trabalhos nas cabines, luzes, sistema de som, entre outros, bem como pintura interior e exterior.

Acrescentou que as áreas adjacentes também serão abrangidas com arranjos, que lhe proporcionará uma melhor aparência e visibilidade.        

Com capacidade inicial para 12 mil espectadores, actualmente o recinto acolhe oito mil lugares após sucessivas remodelações, a última das quais em 2007, por altura da disputa do Campeonato Africano das Nações de basquetebol sénior masculino, em que beneficiou de assentos personalizados.

Quanto ao pavilhão anexo número um, com capacidade para quatro mil espectadores, as intervenções cingem-se na substituição do tecto, loiça sanitária, piso, reparação completa dos balneários, colocação de novas tabelas, piso de tacos apropriados para a prática do hóquei em patins e placar electrónico.

Além destes dois recintos em reabilitação a propósito do primeiro campeonato do mundo a disputar-se em África, o Ministério da tutela realiza outras obras no maior complexo desportivo do país, tais como a reabilitação do pavilhão número dois entregue provisoriamente pelo empreiteiro.

O estádio de futebol do mesmo complexo também recebe obras de melhoramento com a colocação de sistema de rega automática em substituição do manual, obras na sala anti-doping e nos balneários, melhoramento ou substituição do sistema de drenagem.

Nas províncias de Luanda e do Namibe estão a ser construídos os pavilhões oficiais do evento com capacidade, respectivamente, para 12 e três mil espectadores.

Em recente visita ao complexo da cidadela, o ministro da Juventude e desportos, Gonçalves Muandumba afirmara que a utilização do pavilhão  principal para jogos oficiais ou apenas para treino durante o mundial será decidida entre 25 e 27 deste mês por ocasião do sorteio e da última visita de inspecção dos membros do Comité Internacional de Rink Hockey.

Assuntos Província » Luanda  

Leia também
  • 11/11/2018 18:57:18

    Futebol adaptado: Misto do Huambo revalida Taça de Angola

    Luanda - O Misto da província do Huambo em futebol para amputados revalidou neste domingo o título de campeão da Taça de Angola com vitória sobre o 1º de Junho de Luanda, por 3-1, em partida disputada no estádio dos Coqueiros.

  • 28/10/2018 14:11:33

    Futebol adaptado: Angola abre mundial com Ucrânia

    Luanda - A selecção nacional de futebol para amputados defronta a Ucrânia a uma hora de segunda-feira ( 19 horas locais deste domingo), em jogo inaugural, Grupo D, do Campeonato do Mundo, iniciado sábado em Guadalajara (México).

  • 26/10/2018 01:37:32

    Afrotaças: "Perdemos a eliminatória em casa" - Ivo Traça

    Luanda - O técnico-adjunto do 1º de Agosto, Ivo Traça, admitiu quinta-feira, na capital do país, que a equipa perdeu a eliminatória das meias-finais da Liga de Clubes Campeões Africanos em futebol, no jogo da primeira - mão (dia 3), no Estádio 11 de Novembro, devido a vitória mínima de 1-0.

  • 23/10/2018 21:31:01

    Árbitro tendencioso tira D'Agosto da final da Liga

    Luanda - A actuação tendenciosa do árbitro zambiano Janny Sikazwe contribuiu significativamente no impedimento do 1º de Agosto atingir a final da Liga dos Clubes Campeões Africanos de futebol, ao perder diante do Esperance de Túnis, por 2-4, em jogo da meia-final da prova, disputado hoje, no Estádio Olímpico de Radés, na Tunísia.