Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

03 Novembro de 2014 | 15h44 - Actualizado em 04 Novembro de 2014 | 12h36

Problemas financeiros e administrativos tombam Benfica do Lubango pela quarta vez

Lubango - O Benfica do Lubango ascendeu pela primeira vez ao Girabola em 2002, na altura sob presidência de João Cangombe Periquito, falecido num desastre aéreo quando se deslocava à capital huilana para ver a estreia da equipa ante ao 1º de Agosto (2-1) e de lá para cá a permanência vem sendo um autêntico desafio para a direcção que se seguiu.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huíla: Sérgio da Cunha Velho - Presidente do Benfica do Lubango

Foto: José Krithinas

Girabola: Benfica do Lubango

Foto: Lino Guimarães

No seu historial neste novo molde de disputa do campeonato nacional, o Girabola, a histórica equipa huilana caiu este ano pela quarta vez em 12 épocas.

No ano em que subiu pela primeira vez ao Girabola (2002), a equipa teve uma boa prestação e sobreviveu, alcançando o oitavo lugar, na altura orientado por Carlos Queirós.

Dois anos depois teve o seu primeiro tombo, na altura sob batuta de João Machado, regressando em 2006 com o actual seleccionador, Romeu Filemon, no comando.

A partir daí o Girabola se tornou para o Benfica um palco de passeio, pois nunca durou duas temporadas na prova. Caiu em 2008 e subiu no ano seguinte, mas voltou a tombar em 2010.

Observou um interregno de três anos sem participar nas competições nacionais, apostando na formação dos atletas. Ascendeu em 2013 e caiu em 2014.  

Os problemas financeiros e administrativos têm sido o principal adversário do clube huilano liderado por Cunha Velho que recebe anualmente na Sonangol Pesquisa e Produção cem milhões de Kwanzas para cobrir todas as despesas.

Este ano, o percurso não foi diferente, o patrocinador atrasou a alocar as verbas, com isso a preparação da pré-temporada foi débil, contou com um grupo de jogadores possíveis, mas com vontade, o que foi insuficiente para manter a equipa de entre os “grandes”.

Para a actual direcção, que chegou a ficar oito meses sem pagar os jogadores, foi difícil manter o contrato de alguns jogadores, como o jovem Messy, que chegara à equipa no começo da temporada ido do Asa.

O Benfica do Lubango foi fundado em 27 de Fevereiro de 1932, sob a designação de Desportivo da Chela.

Este ano, a uma jornada do fim do Girabola, a equipa huilana conta com 21 pontos, fruto de cinco vitórias, em 29 jogos e seis empates, tendo marcado 23 golos e sofrido 49. Está no penúltimo lugar e fecha o Girabola recebe a Sagrada Esperança.

Leia também