Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

21 Março de 2014 | 18h09 - Actualizado em 21 Março de 2014 | 18h33

Carlin confirma continuidade do piloto angolano Sá Silva na equipa

Luanda - A Carlin anunciou a continuidade do piloto angolano Sá Silva na equipa, depois de uma temporada de aprendizagem e desenvolvimento em 2013, permanecendo assim com a formação inglesa para mais um assalto à GP3 Series, numa temporada que se espera altamente competitiva.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Piloto angolano Sá Silva

Foto: angop

Segundo um comunicado de imprensa da Carlin chegado hoje à Angop, o piloto angolano diz-se entusiasmado com a sua segunda temporada na GP3 e está ansioso por regressar ao comando do seu fórmula e por contar novamente com a experiência da equipa inglesa.

“Tivemos uma temporada sólida em 2013, por isso estou muito feliz por estar de volta com a Carlin para mais uma época competitiva. Vou continuar a trabalhar arduamente e a dar o meu melhor para representar condignamente os meus patrocinadores e fãs, sendo também um orgulho poder levar a bandeira angolana pelos grandes palcos internacionais”.

O treinador Nuno Pinto explica a importância desta segunda temporada no campeonato para o percurso do piloto angolano. “Quando decidimos participar na GP3 em 2013 foi sempre com ideia de fazer um projecto a 2 anos, pois só assim o piloto pode aprender e evoluir para alcançar bons resultados. A primeira temporada foi muito difícil, mas o Sá Silva aprendeu imenso e agora fazia todo o sentido continuarmos com a Carlin até porque é uma equipa de topo que nos dá todas as garantias”.

Contente também com a continuidade do angolano está o director da equipa inglesa, Trevor Carlin. “O Sá Silva trabalhou muito bem com a equipa ao longo da última temporada e só podemos estar satisfeitos com o seu regresso. O Sá afirmou-se como um piloto consistente e estamos ansiosos para trabalhar com ele novamente”.

A GP3 Series já demonstrou ser a rampa de lançamento perfeita para quem está nas classes de formação e ambiciona chegar à Fórmula 1, com os anteriores campeões Valterri Bottas e Daniil Kvyat a deixar a sua marca neste campeonato antes de chegar à classe rainha. 2014 vê a Carlin entrar pela quinta vez em competição; a equipa terminou em quarto lugar na época passada e procura uma vez mais lutar pela conquista do título.

O piloto de 23 anos, que também tem experiência em corridas de Fórmula 3, Fórmula Pilota China, Fórmula Renault 2.0 e Formula BMW Pacific, regressa com a Carlin para os testes oficiais nos dias 27 e 28 de Março, no Circuito do Estoril.

Assuntos Automobilismo  

Leia também
  • 21/08/2018 16:37:15

    Automobilismo: Troféu "200 Km da Huíla" acontece neste domingo

    Lubango - Vinte e dois pilotos das províncias de Luanda, Cuanza Sul, Benguela, Huambo, Cuando Cubango, Namibe e Huíla disputam este domingo o troféu dos "200 Quilómetros da Huíla", prova inserida na 32ª edição das centenárias Festas de Nossa Senhora do Monte, no Lubango, capital da Huila.

  • 27/05/2018 23:39:00

    Fórmula 1: Daniel Ricciardo vence Grande Prémio do Mónaco

    Mónaco - O piloto australiano Daniel Ricciardo (Red Bull) alcançou este domingo a sétima vitória da carreira no Mundial de Fórmula 1, ao ganhar pela primeira vez o Grande Prémio do Mónaco, sexta prova do campeonato de 2018.

  • 01/02/2018 21:56:47

    Automobilismo: Ecclestone chama de "puritana" decisão de acabar com grid girls na F1

    Londres - Bernie Ecclestone, homem-forte da Fórmula 1 durante décadas, classificou de "puritana" a decisão dos novos proprietários da categoria de banir o uso de 'grid girls' antes das largadas das corridas.

  • 10/12/2017 15:43:08

    Automobilismo: Mangais confirma favoritos de 2017

    Luanda - O automobilismo teve uma época em que os favoritos nas quatro classes (E, TT, M e Q) confirmaram as primeiras posições do pódio, num ano apimentado com a introdução de uma prova internacional, no mês de Junho, no Cuanza Sul