Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

26 Maio de 2014 | 23h40 - Actualizado em 26 Maio de 2014 | 23h40

Autódromo de Luanda assinala 42 anos com melhores perspectivas

Luanda - O Autódromo de Luanda, principal e maior recinto de actividades do desporto motorizado de Angola, assinala 42 anos de existência nesta quarta-feira (dia 28), com perspectivas de melhoria das suas infra-estruturas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em declarações à imprensa, por ocasião do aniversário, a proprietária do espaço, Laurinda Hoygaard, que apontou a necessidade da criação de melhores condições no local, expressou satisfação por até agora o autódromo estar a cumprir com o seu objectivo inicial.              

“O espaço autódromo está a cumprir os objectivos pelos quais foi criado. Isso, é muito importante, na medida em que passam 42 anos desde a sua inauguração. Quero felicitar a Federação Angolana de Desportos Motorizados (FADM), que com a realização de provas no local tem dado vida ao espaço e garantir a prática desportiva aos cidadãos”, disse.

Acrescentou a necessidade de uma maior aposta na criação de condições, para que o espaço se transforme num importante complexo desportivo turístico e lúdico, em benefício social da população, com competições, laser e postos de trabalho. 

A também professora universitária manifestou a sua preocupação pelas construções de habitações, que se tem verificado no perímetro do autódromo, que em certa medida, contrariam os objectivos sócio – esportivos do espaço.         

         

“Existem projectos para que as pessoas possam desfrutar de actividades desportivas, laser e turismo, aproveitando ainda a sua proximidade ao mar”, frisou a Reitora da Universidade Privada de Angola (UPRA).       

Para a responsável, a materialização dos referidos propósitos, só será possível com a contribuição das autoridades governamentais e demais entidades.           

Com um tapete de cinco kms, torres, bancadas e outras instalações de apoio, situado na comuna dos Ramiros, actual município de Belas, cerca de 30 quilómetros do centro da cidade, o autódromo foi inaugurado em 28 de Maio de 1972, poucos meses depois de as obras terem começado.

Na época, contou com a ilustre visita do consagrado piloto brasileiro Emerson Fittipaldi, que rolou na sua pista com o carro do corredor António Peixinho.

A pista foi criada pela empresa Autodel, através dos seus administradores António Pinto da Fonseca, Rui Gonzaga Martins e o piloto António Peixinho, que encarregaram do projecto o arquitecto brasileiro Ayrton Cornelson (o mesmo projectista da pista do Estoril de Portugal) e do engenheiro Júlio Basso.

Após a Independência de Angola, em 1975, as instalações serviram de Centro de Instrução de Comandos (CIC), das extintas Fapla, e posteriormente da Polícia Nacional.

Assuntos Desporto Motorizado  

Leia também
  • 09/07/2018 16:45:57

    Piloto da Multieventos vence Rali Internacional Lupupa

    Luanda - O piloto Rui Sousa conquistou o Rali Internacional Lupupa, na classe TT (carros, carrinhas e Jeeps), disputado de 6 a 8 deste mês no Waku Kungo, Cuanza Sul, com o tempo de dois minutos, 34 segundos e 20 décimos.

  • 13/06/2018 03:46:57

    Desporto motorizado carece de espaços

    Lubango - A Associação dos Desportos Motorizados da Huíla necessita pelo menos de dois milhões de dólares norte-americano, para construir um autódromo e uma sede da agremiação.

  • 27/05/2018 10:31:03

    Motocross: Ferme Baptista vence prova de motocross

    Ndalatando - O piloto Ferme Baptista sagrou-se vencedor da segunda etapa da prova nacional de motocross na categoria de 250 metros cúbicos, por sinal a melhor entre as demais, decorrida neste sábado, em Ndalatando, capital do Cuanza Norte.

  • 10/01/2018 16:35:50

    Mau estado do autódromo preocupa FADM

    Luanda - O mau estado do autódromo de Luanda, sobretudo do asfalto, preocupa a direcção da Federação Angolana de Desportos Motorizados (FADM), por perigar a vida dos pilotos.