Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

30 Março de 2016 | 10h45 - Actualizado em 30 Março de 2016 | 10h44

Can2017: Adeptos desiludidos com derrota caseira

Lubango - Desilusão é a palavra mais ouvida entre os adeptos huilanos, na "ressaca" da derrota da Selecção nacional de futebol na terça-feira, em Luanda, com a RDC por 0-2, em jogo da quarta jornada de qualificação ao CAN2017 no Gabão.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huíla: Adeptos no treino da selecção

Foto: MORAIS SILVA

Em declarações hoje, quarte-feira, à Angop, os aficcionados apontam a ineficácia do ataque, assim como a fraca produção do meio-campo e a distração da defesa como factores que cruciais para o fracasso.

Emerson Calado lamentou que nem o apoio do público foi suficiente para ajudar a equipa nacional a ganhar.

“Depois da exibição em Kinshasa, tínhamos esperança que viéssemos a ganhar em Luanda, até porque o jogo começou bem, mas a apatia da defesa fez com que o adversário marcasse ao cair do pano, dos primeiros 45 minutos”, disse.

Dolores Manaças considerou-se desiludida com o resultado, pois estão os angolanos de novo de calculadora na mão para fazer contas e depender de terceiros para se qualificar.

Para ela, esta é uma situação que se repete em todos os anos e aponta a troca de treinadores como factor primordial destes fracassos, defendendo a demissão da direcção da FAF.

Já o futebolista Verdete Kassanga considerou que equipa esteve bem, faltou apenas maior comunicação na defesa, assim como entre o meio-campo e o ataque, pois houve jogadas de contra-ataque que deviam ser muito bem aproveitadas.

Lamentou também que os avançados tivessem perdido tempo e lances ao quererem driblar os adversários, em vez de rematar ou assistir outrem.

Com esta derrota, Angop ocupa o terceiro lugar com quatro pontos, menos cinco que o seu adaversário de terça-feira, a RDC, e menos três que a RCA, a quem bateu no Lubango por 4-0.

Na quinta jornada joga em Bangui, com a RCA e termina a campanha com Madagáscar em casa.

Assuntos Futebol   Província » Huíla  

Leia também