Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

08 Maio de 2016 | 11h13 - Actualizado em 08 Maio de 2016 | 20h18

Huambo: Presidente reeleito do Benfica promete recuperação da mística do clube

Huambo - O novo presidente do Benfica do Huambo, Amílcar Amândio Kandimba, prometeu mais trabalho para a recuperação da mística do clube, durante o seu novo mandato de quatro anos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente do Benfica do Huambo, Amílcar Kandimba

Foto: valentino yequenha

Falando durante a cerimónia da sua tomada de posse, sábado, e dos demais membros da nova direcção da agremiação desportiva, prometeu trabalhar no processo de consolidação da sociedade desportiva, iniciado no seu último mandato, enquanto principal veículo do desenvolvimento da equipa.

Garantiu também trabalhar com as instituições governamentais afins e com os parceiros para a conclusão das obras do estádio, demolido em 2011, para se erguer nova estrutura, assim como na reabilitação das demais infra-estruturas do clube com vista a sua rentabilização.

Disse que outra aposta passa pela reestruturação e organização administrativa, financeira, técnica e desportiva, para o desenvolvimento do Benfica em todos os domínios.

No capítulo desportivo, Amílcar Amândio definiu como prioridade, o relançamento de algumas modalidades que se coadunem com o actual estado do clube, com especial atenção para o futebol.

Para o efeito, informou que nos próximos quatro anos a nova direcção vai empenhar-se no recrutamento de novos talentos locais, sobretudo, a valorização dos jovens que se despontam a nível do “gira bairro”.

 “Deste modo, pretendemos tornar a equipa mais coesa, forte, competitiva, capaz de voltar a participar condignamente campeonatos provinciais e nacionais, de modo a recuperar os atributos que o Mambroa já teve nos tempos idos”, sustentou.

Para o alcance deste desiderato, disse contar com a colaboração total dos membros da direcção, sócios, amigos, empresários e, de modo particular, do Governo da província, a quem pediu maior empenho e influência na viabilização no reinício das obras do estádio do Benfica.

A agremiação foi fundada a 29 de Setembro de 1931, por iniciativa de um grupo de cidadãos portugueses, simpatizantes do Sport Lisboa e Benfica de Portugal, ávidos de o transformarem num dos maiores "colossos" das então colónias lusas.

No passado foi uma referência no desporto angolano, nas modalidades de basquetebol, sobretudo feminino, onde já sagrou-se vice-campeão nacional, e futebol, onde além de ser campeão na era colonial, obteve o 2º lugar no pós-independência (1986) e o 3º (1982, 1985 e 1988), tendo sido relegado ao segundo escalão em 1998, após terminar no último lugar.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também