Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

20 Maio de 2016 | 16h28 - Actualizado em 20 Maio de 2016 | 17h14

Futebol: Trésor Mputo Mabi deve pagar USD dois milhões ao Kabuscorp do Palanca

Luanda - O futebolista congolês democrata Trésor Mputo Mabi foi obrigado a pagar uma indemnização no valor de dois milhões de dólares ao clube angolano do Kabuscorp do Palanca, por incumprimento de contrato, numa decisão da Federação Internacional da modalidade (FIFA).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

GIRABOLA: Tresor Mputo Mabi (à direita) e Albert Meyong ambos jogadores que actuaram no Kabuscorp (Arquivo)

Foto: HenriCelso

Depois de, em Janeiro, ter feito entrar na FIFA um pedido de indemnização do referido valor ao atacante, por ter abandonado a agremiação, em Abril de 2015, desrespeitando o contrato que tinha assinado, válido até final desta época, o Kabuscorp viu o Single Judge da Player Status Committee dar-lhe razão integral no processo.

Trésor Mputu Mabi, que chegou a ser considerado um dos melhores jogadores africanos a actuar no continente, foi condenado a pagar dois milhões de dólares ao emblema angolano, num prazo máximo de 30 dias, segundo noticia o Jornal a Bola, na sua edição de quinta-feira.

O valor pedido pelo Kabuscorp divide-se em 500 mil dólares por violação de contrato e 1,5 milhões por danos materiais, como o pagamento da transferência ao TP Mazembe, da República Democrática do Congo.

Trésor Mputu Mabi pode ainda recorrer para o TAS sendo que, neste momento, encontra-se castigado e sem poder jogar.

Assuntos Futebol  

Leia também